Yamaha dá mais tempo para Lorenzo decidir sobre renovação

Empresário do atual campeão da MotoGP revelou que equipe japonesa dará mais tempo para espanhol decidir se fica ou não no time nas próximas temporadas

Jorge Lorenzo, que tem contrato com a Yamaha até o final da temporada 2016 da MotoGP, ainda não decidiu o que fará a partir de 2017, apesar de já ter uma proposta de extensão de contrato com a equipe japonesa. E, segundo o empresário do piloto, Albert Valera, Lorenzo ainda tem bastante tempo para dar uma resposta para o time de Iwata.

"A proposta da Yamaha possui prazo de validade, o que é comum em situações como esta. Mas temos bastante tempo ainda, até a corrida em Jerez ou até mesmo em Le Mans (final de abril e começo de maio). Além disso, Lin Jarvis deixou claro que se Jorge precisar de mais tempo para tomar uma decisão, isso será dado a ele", disse.

Valera ressaltou ainda que o fato de Lorenzo não ter renovado assim que recebeu a proposta da Yamaha - como fez Valentino Rossi, que fica na equipe até 2018 - é algo normal e não indica nada sobre os rumos do atual campeão da categoria principal do Mundial de Motovelocidade.

"No momento, parece que ter renovado seria o normal e anormal seria não ter feito isso antes do início da temporada. Mas tudo isso está distante da realidade", afirmou.

"Nem os pilotos da Honda e nem os da Ducati receberam propostas de renovação ou ofertas de outras equipes. O normal é que essas conversas comecem após cinco ou seis etapas, não que um contrato seja assinado antes do começo do campeonato", completou.

Reportagem adicional por Oriol Puigdemont

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Jorge Lorenzo
Equipes Yamaha Factory Racing
Tipo de artigo Últimas notícias