Yamaha “espera totalmente” renovar com Rossi para 2019

Lin Jarvis insiste que nada está definido para o futuro do italiano, mas que ambas as partes sinalizaram a intenção de estender a parceria

Chefe da Yamaha na MotoGP, Lin Jarvis insiste que “espera totalmente” que o italiano permaneça na equipe após a temporada de 2018, mesmo que nada ainda tenha sido concluído.

Rossi, que completa 39 anos nesta sexta-feira, ainda deve renovar seu atual contrato, que acaba ao fim de 2018 – sua 19ª temporada na categoria.

Mesmo que tenha dito anteriormente que estava “otimista” com a possibilidade de continuar, seu plano é esperar até o fim dos testes de pré-temporada, além das primeiras corridas do ano, para assinar oficialmente um contrato.

Jarvis fez coro ao discurso de Rossi, dizendo que, mesmo que seja altamente provável que ele permaneça por pelo menos mais um ano, nada ainda está fechado.

“Eu posso assegurar a você que nada está fechado até o momento, mas imagino que não irá demorar muito até que a situação de Valentino se esclareça. Espero totalmente que ele esteja conosco novamente no grid no ano que vem”, disse.

“Estávamos em Manila, nas Filipinas, para um evento promocional, e Valentino explicou à imprensa que definitivamente tem a intenção e o desejo de continuar.”

“Ainda não está claro se ele vai decidir por um contrato de um ano ou talvez de dois anos.”

“Estamos em contato próximo. Já nos falamos e decidimos que, de qualquer forma, gostaríamos de ver alguns testes antes de tomar uma decisão, talvez algumas corridas.”

“É difícil dizer [quando ele assinará o contrato], acho que esses três testes são importantes. Obviamente já fizemos um e Valentino está se sentindo confortável logo de cara. Não estabelecemos uma meta até o momento.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Pilotos Valentino Rossi
Equipes Movistar Yamaha MotoGP
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags lin-jarvis