Yamaha: ter Folger como wildcard está fora dos planos

compartilhar
comentários
Yamaha: ter Folger como wildcard está fora dos planos
Por:
6 de fev de 2019 20:44

O chefe da Yamaha na MotoGP, Lin Jarvis, minimizou as chances de seu novo piloto de testes, Jonas Folger, fazer aparições como wildcard ao longo da temporada.

A campanha de estreia de Folger na MotoGP, em 2017, foi encurtada quando ele foi diagnosticado com síndrome de Gilbert, e o alemão ficou de fora de toda a temporada de 2018 para se recuperar antes de assinar com a Yamaha para ser piloto de testes em 2019.

Ele participou do primeiro teste de pós-temporada do ano passado, em Valência, onde falou sobre a possibilidade de ser wildcard em 2019.

Mas Jarvis confirmou que o programa da Yamaha não inclui aparições para Folger, já que acredita que o alemão ainda precisada tempo para se recuperar.

O veterano japonês Katsuyuki Nakasuga foi o único piloto a correr como wildcard pela equipe na corrida de Motegi.

“Não temos planos no momento para ter wildcards [para Folger]. Sua prioridade e foco são os testes”, disse Jarvis.

“Se vai acontecer algo mais tarde neste ano que mude isso, veremos, mas isso não está absolutamente em nosso programa no momento.”

Jarvis acrescentou que as aparições como wildcard dividiria o foco dos pilotos de testes, o que faz coro à sugestão de Bradley Smith, da Aprilia, de que ele perderá a mentalidade de piloto de testes quando for correr.

“Um dos pilotos wildcard, Bradley, fará cinco. Talvez seja muito. Se você faz cinco corridas numa temporada, boa parte de seu foco certamente irá para a preparação para estas corridas.”

“Então, vamos esperar e ver. Jonas está fora de ação por um ano inteiro.”

“Primeiro, ele precisa voltar ao jogo, andar regularmente, e aí, quando ele recuperar a velocidade, o acharmos rápido e que usá-lo como wildcard poderá ajudá-lo, aí talvez possamos considerar.”

A Yamaha usou Folger e Nakasuga no shakedown da MotoGP em Sepang, na semana passada, na atividade que antecede o teste oficial, e Jarvis se sentiu encorajado com a performance da dupla.

“Estava falando com [o presidente da Yamaha, Kouichi] Tsuji e ele estava muito feliz com o shakedown de Sepang”, disse. “Isso significa que as ideias que trouxemos parecem estar funcionando bem, o que me dá um sentimento positivo.”

Next article
Quartararo consegue versão atualizada de moto da Yamaha

Previous article

Quartararo consegue versão atualizada de moto da Yamaha

Next article

Viñales lidera segundo dia de teste em Sepang por 0s5

Viñales lidera segundo dia de teste em Sepang por 0s5
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Jonas Folger
Equipes Movistar Yamaha MotoGP
Autor David Gruz