Zarco: "Aprendi muito com a queda de Le Mans"

compartilhar
comentários
Zarco:
Por: Carlos Guil Iglesias
Traduzido por: Daniel Betting
28 de mai de 2018 21:34

Johann Zarco não conseguiu aproveitar o fato de ter largado da pole position no GP da França e perdeu a opção de conquistar a primeira vitória na MotoGP depois de cair

Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3
Polesitter Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3

Johann Zarco chegou ao GP da França como segundo colocado no campeonato e um dos favoritos pela a vitória. Embora no sábado o francês tenha conquistado a pole, na corrida a alegria durou apenas oito voltas, o tempo que levou para ir ao chão enquanto perseguia Jorge Lorenzo.

Assim, o francês disse adeus às suas opções de vencer e também pôs fim a uma série de 21 corridas consecutivas pontuando, precisamente a partir de sua estreia na MotoGP no Catar em 2017.

O piloto da Tech3, que acumula dois pódios e quatro primeiras filas, é o terceiro no Mundial, 37 pontos atrás Marc Márquez após o erro, por isso espera recuperar o caminho no GP da Itália no próximo fim de semana.

"Acho que aprendi muito em Le Mans, com a queda inclusive", explica Zarco. "Chego à Itália com muita motivação e feliz. Mugello é uma pista muito rápida e bonita".

Na pista da Toscana, Zarco teve um dos seus piores fins de semana no ano passado, cruzando a linha de chegada em sétimo, após largar em 11º. No entanto, o francês acredita que agora chega em uma situação muito diferente.

"No ano passado eu sofri lá, mas este ano eu tenho um controle mais geral da moto. Depois do mal domingo em Le Mans, quero voltar aos bons resultados e conseguir muitos pontos para o campeonato, o que é o mais importante."

Além disso, o bicampeão da Moto2 terminou o teste da semana passada no Circuito de Barcelona-Catalunha, na segunda posição, o que reforça suas expectativas antes da etapa italiana.

"O teste que fizemos em Barcelona foi muito bom e acho que tenho muitas oportunidades de conseguir a moto certa para lutar com os melhores pilotos pelo pódio", conclui.

Próxima MotoGP matéria
Viñales: Zarco é “prova” de que a Yamaha estava errada

Previous article

Viñales: Zarco é “prova” de que a Yamaha estava errada

Next article

Dovizioso: Abordagem de Lorenzo não funciona na Ducati

Dovizioso: Abordagem de Lorenzo não funciona na Ducati

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Pilotos Johann Zarco
Equipes Monster Yamaha Tech 3
Autor Carlos Guil Iglesias
Tipo de matéria Últimas notícias