Zarco explica pior final de semana da temporada

compartilhar
comentários
Zarco explica pior final de semana da temporada
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
Traduzido por: Daniel Betting
5 de jun de 2018 19:55

O piloto da Tech3 Yamaha, Johann Zarco, classificou falta de aderência na traseira como principal dificuldade no GP da Itália de MotoGP

Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3
Johann Zarco, Monster Yamaha Tech 3

Apesar de ter falhado na corrida em casa, em Le Mans, Johann Zarco era o terceiro no campeonato quando chegou à etapa de Mugello no último fim de semana, depois de ter terminado em segundo lugar em Termas de Rio Hondo e Jerez.

No entanto, o francês fez na Itália sua corrida menos competitiva da temporada até agora, classificando-se em nono e terminando em décimo lugar, seu pior resultado desde a corrida de Misano do ano passado.

Refletindo sobre um final de semana difícil, Zarco disse que esperava avançar nas primeiras voltas, mas logo foi forçado a voltar sua atenção para simplesmente garantir que chegaria ao final da corrida.

"Não encontramos uma solução melhor para encontrar uma sensação melhor e controlar bem a moto", disse Zarco, que completou a prova 17 segundos atrás do vencedor, Jorge Lorenzo.

"Na sexta-feira, o começo foi difícil, mas pensei que estávamos em um bom caminho, então no sábado não encontramos o problema e nos perdemos um pouco.”

“Para a corrida, eu esperava ter a possibilidade de ficar com o grupo. Eles não estavam muito à frente no início e algumas voltas depois eu pensei: ‘ok, você vai encontrar o ritmo e vai pegá-los’".

“Finalmente ficou pior e pior, e então eu estava cansado, e quando você tem que forçar a moto, tudo fica pior. Então, foi necessário terminar.”

“[Eu quero] esquecer esse fim de semana ruim, não ficar com esse sentimento ruim que eu tenho. O que eu vivi neste final de semana não é [um reflexo] do que podemos fazer nesta temporada.”

Solicitado a explicar a questão com mais detalhes, ele disse: “A pior coisa foi a aderência traseira. Quando você não tem controle da traseira, não pode virar e a moto fica instável.”

Zarco, que agora caiu para a quinta posição na tabela, acrescentou que seus problemas podem ter sido relacionados às exigências exclusivas da pista de Mugello.

"É possível que eu não estava entendendo a pista, ou a minha configuração com a moto não tenha se adaptado à pista", admitiu.

Reportagem adicional de Willy Zinck

Próxima MotoGP matéria

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Evento GP da Itália
Localização Mugello
Pilotos Johann Zarco
Equipes Monster Yamaha Tech 3
Autor Jamie Klein
Tipo de matéria Últimas notícias