Zarco: Tailândia foi primeira "corrida real" em muitas

compartilhar
comentários
Zarco: Tailândia foi primeira
Scherazade Mulia Saraswati
Por: Scherazade Mulia Saraswati , Featured writer
Traduzido por: Daniel Betting
9 de out de 2018 15:50

Piloto da Tech3 Yamaha, Johann Zarco, disse fez, no GP da Tailândia do fim de semana passado, sua primeira "corrida real" em algum tempo, depois de ter lutado nas etapas anteriores

Johann Zarco terminou a etapa de Buriram da MotoGP a menos de três segundos do vencedor Marc Márquez, conquistando seu melhor resultado desde a última vez que subiu no pódio, na etapa de Jerez em Maio.

A forte apresentação do francês surgiu em um fim de semana em que os pilotos da Yamaha, Maverick Viñales e Valentino Rossi, também mostraram uma melhora acentuada, com a dupla chegado em terceiro e quarto lugares, respectivamente.

"Muito feliz", disse Zarco depois da corrida. "Corrida dura, difícil no corpo e [para lidar] com o calor e com a intensidade da corrida.”

"Se foi difícil para mim, foi difícil também para eles, e isso me motivou a continuar acelerando.”

Leia também:

"[Havia] três Yamahas entre os cinco primeiros, então não significa que eu fiz algo incrível, mas nós éramos competitivos aqui e quando a moto está funcionando, estamos prontos para estar no nível mais alto e dar muitos sorrisos para toda a equipe.”

"Eu estava exausto nas últimas três corridas que terminei, Áustria, Misano e Aragón. Em vez de lutar contra os outros, eu estava lutando contra a minha própria moto.”

"Agora as condições têm sido difíceis, mas eu não estava lutando contra a moto. Eu realmente tentei controlar a moto e é totalmente diferente. Quando eu consegui controlar a moto eu pude lutar com os outros, esta foi uma corrida real."

Perguntado por que ele achava que a Yamaha era mais competitiva na Tailândia do que nas últimas corridas, Zarco sugeriu que as muitas curvas fluidas de Buriram, que exigem que a moto seja apoiada por longos períodos de tempo, favoreceram a M1.

"Eu acho que os setores dois, três e quatro foram bons para a Yamaha, tem havido muita ênfase na entrada da curva e então você deve ir rápido na curva, apenas manter a velocidade e não ter forte aceleração", disse.

Próxima MotoGP matéria
Pedrosa garante que tinha “ritmo para vencer”

Previous article

Pedrosa garante que tinha “ritmo para vencer”

Next article

Espargaró: “Sou muito competitivo para só fazer número”

Espargaró: “Sou muito competitivo para só fazer número”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Localização Chang International Circuit
Pilotos Johann Zarco
Equipes Monster Yamaha Tech 3
Autor Scherazade Mulia Saraswati
Tipo de matéria Últimas notícias