Após teste em simulador, Jimmie Johnson se diz pronto para F1 real

compartilhar
comentários
Após teste em simulador, Jimmie Johnson se diz pronto para F1 real
Jim Utter
Por: Jim Utter
Traduzido por: Daniel Betting
24 de nov de 2018 17:09

Jimmie Johnson passou algum tempo em um simulador de Fórmula 1 nesta semana, mas disse que mal pode esperar para “entrar naquele carro"

Fernando Alonso, McLaren and NASCAR driver Jimmie Johnson
Jimmie Johnson
NASCAR driver Jimmie Johnson on a Hot Lap with Fernando Alonso, McLaren
Jimmie Johnson, Hendrick Motorsports, Chevrolet Camaro Lowe's Rookie Throwback
Fernando Alonso, McLaren
Jimmie Johnson, Hendrick Motorsports, Chevrolet Camaro Lowe's Rookie Throwback
Fernando Alonso, McLaren MCL33

Antes de chegar a Abu Dhabi para passar o fim de semana assistindo a esperada última corrida final de Fernando Alonso na Fórmula 1, Jimmie Johnson parou em Londres para visitar a sede da McLaren e passou quase seis horas no simulador de F1 preparando-se para a volta de segunda-feira com Alonso.

“Que lugar incrível. A arquitetura e o design dessa instalação foram além de impressionantes”, disse Johnson sobre sua visita à McLaren. “Eu consegui dar voltas no simulador por quase seis horas no outro dia e não posso esperar pela coisa real.”

“Os simuladores não são, obviamente, substitutos para a realidade, mas ajudam com o básico e com as linhas de base. Eu não posso esperar para entrar naquele carro no Bahrein.”

 

Johnson assistirá à final da temporada da F1 no domingo, depois vai para o circuito do Bahrein para um dia inteiro de troca de carros com o bicampeão mundial Alonso.

Em Abu Dhabi, até agora, Johnson passeou pelo paddock da F1, viu um pit stop de perto, as classificações, conheceu a mídia e participou de voltas rápidas pilotando um carro de rua com Alonso. Ele também se encontrou com Nico Rosberg e seu ex-companheiro de equipe na Hendrick Motorsports, Jeff Gordon, que também estava no local com a Axalta Racing.

"A maior diferença é a experiência e as comodidades, mas, no final das contas, é sobre qual carro é o mais rápido", disse Johnson. “Então, do ponto de vista estético, existem diferenças, mas os engenheiros, os pilotos e os conceitos são totalmente os mesmos.”

Leia também:

"Eu sentei no pit wall e ouvi Fernando no rádio e ele me levou de volta ao meu espaço, é claro que parte da linguagem é diferente, como oversteer e understeer, mas os conceitos são os mesmos."

Os membros da equipe de Johnson também estão am Abu Dhabi, assim como Alan Gustafson, chefe de equipe de Chase Elliott na Nascar. Gustafson pôde participar de reuniões de engenharia com a McLaren e trabalhará com Alonso durante sua troca de carro na segunda-feira.

Johnson disse que ele era "um grande fã de Fórmula 1" e disse que tem um tremendo respeito pelo esporte e pelo que Alonso realizou em sua carreira.

"Há uma tal energia em torno de Fernando - sua corrida tem sido tão celebrada ao longo dos anos, ele é uma lenda", disse Johnson.

“Então, fazer parte desse grande fim de semana para ele é inacreditável. A McLaren tem sido incrível.”

Next article
Chevrolet vê "mais trabalho a fazer" para temporada 2019 da NASCAR

Previous article

Chevrolet vê "mais trabalho a fazer" para temporada 2019 da NASCAR

Next article

Alonso: Teste do Bahrein com Nascar é "pura diversão"

Alonso: Teste do Bahrein com Nascar é "pura diversão"
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1 , NASCAR Cup
Pilotos Fernando Alonso Shop Now , Jimmie Johnson
Autor Jim Utter