Caso do Pace Car roubado em Talladega faz 30 anos; relembre

Um dos episódios mais inusitados da história da NASCAR está para completar 30 anos quando a categoria visita novamente o superspeedway

A NASCAR coleciona histórias magníficas fora do âmbito competitivo, envolvendo pilotos, membros de equipe e, principalmente, fãs. A questão é que nem sempre os torcedores que comparecem aos ovais da categoria se encontram em seu estado etílico normal.

Há quase 30 anos acontecia o caso mais bizarro. Em Talladega - palco da próxima etapa de domingo - um fã de nome Darren Charles Crowder, que na época morava na cidade de Birmingham, Alabama, saiu de casa para fazer um test drive em uma moto, ficou preso no trânsito e decidiu comprar um ingresso para a corrida que estava para acontecer.

O ticket dava acesso próximo ao pit lane e antes mesmo do início da prova ele avistou o carro de segurança aberto, sem motorista e com a chave na ignição. Darren não pensou duas vezes, entrou no veículo e começou a "passear" no superoval.

Obviamente a polícia entrou em cena e o interceptou, fechando a pista. O rapaz foi literalmente arrancado de dentro do carro ao som de muitos aplausos e gritos do público que lotava o Talladega Superspeedway.

Tudo registrado ao vivo pela TV. Confira a cena:

 

A corrida - sim, houve uma corrida - foi vencida por Bobby Allison, com Dale Earnhardt em segundo.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias NASCAR Cup
Tipo de artigo Últimas notícias