Com despedida de placa restritora, NASCAR revela pacote para 2019

compartilhar
comentários
Com despedida de placa restritora, NASCAR revela pacote para 2019
Jim Utter
Por: Jim Utter
2 de out de 2018 21:23

Mudanças estarão presentes em 22 das 36 corridas oficiais da próxima temporada

Brad Keselowski, Team Penske, Ford Fusion Discount Tire Martin Truex Jr., Furniture Row Racing, Toyo
Denny Hamlin, Joe Gibbs Racing, Toyota Camry FedEx Express and Daniel Suarez, Joe Gibbs Racing, Toyo
Brad Keselowski, Team Penske, Ford Fusion Discount Tire, Martin Truex Jr., Furniture Row Racing, Toy
William Byron, Hendrick Motorsports, Chevrolet Camaro Hertz and Erik Jones, Joe Gibbs Racing, Toyota
Brad Keselowski, Team Penske, Ford Fusion Discount Tire, Ryan Blaney, Team Penske, Ford Fusion Hawk/
General View of the field

A NASCAR anunciou nesta terça-feira um novo pacote aerodinâmico e de motores para a próxima temporada. Haverá dois tipos de combinações e seu uso será adaptado para pistas específicas.

Uma combinação de um espaçador cônico para reduzir a potência do motor para 550 cv (cerca de 200 a menos do que o atual) e dutos frontais serão usados na maioria das pistas acima de 1 milha na próxima temporada (17 corridas no total).

Outras cinco provas serão disputadas com o espaçador menor, mas sem os dutos aerodinâmicos (as duas de Pocono, Atlanta, Darlington e Homestead).

As 500 Milhas de Daytona terá as mesmas regras do evento deste ano.

Ainda haverá um spoiler traseiro mais alto, um divisor dianteiro maior com projeção de 2 polegadas e uma bandeja de radiador maior. As mudanças visam adicionar downforce para estabilizar a dirigibilidade, indo na direção contrária da tendência dos últimos anos.

Tanto as corridas de Talladega quanto a de Daytona em julho serão disputadas com espaçadores reduzidos em vez de placas restritoras, usadas pela primeira vez em 1987.

Foi anunciado também que o número de testes foi reduzido de quatro para três. Os de pneus da Goodyear serão realizados com três equipes, e não quatro.

“É um processo de dois anos, trabalhando com as equipes de corrida, os fabricantes, especificamente os engenheiros de motores e, provavelmente, o esforço mais colaborativo que tivemos em todas as partes interessadas do setor, incluindo os pilotos, para chegar a esse pacote” disse Steve O'Donnell, vice-presidente executivo da NASCAR e chefe do departamento de desenvolvimento de corridas. "Para nós, é realmente nossa meta em voltar a colocar o verdadeiro foco nos pilotos e no que é a NASCAR, com corridas lado-a-lado e tentando entregar mais disso."

Próxima NASCAR Cup matéria
Blaney vê acidente entre Truex e Johnson e vence no Roval

Previous article

Blaney vê acidente entre Truex e Johnson e vence no Roval

Next article

Opinião: Jimmie Johnson está vivo e longe da aposentadoria

Opinião: Jimmie Johnson está vivo e longe da aposentadoria
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria NASCAR Cup
Autor Jim Utter
Tipo de matéria Últimas notícias