Dale Jr. promete doar cérebro para pesquisas sobre concussão

Piloto mais popular da NASCAR afirmou no Twitter que vai contribuir com os estudos sobre concussões no esporte americano

A polêmica questão sobre as concussões nos esportes de impacto ganharam mais uma voz no fim de semana. Em um dos já costumeiros papos com a audiência no Twitter, o piloto mais popular da NASCAR, Dale Earnhardt Jr. se colocou à disposição das pesquisas sobre o tema, oferecendo seu cérebro após sua morte.

Junior já sofreu acidentes em que teve que dar maior atenção à cabeça. Em 2002 ele teve uma concussão após acidente na prova de Fontana em abril, divulgando o ocorrido somente meses depois.

Em 2012 o filho do heptacampeão Dale Earnhardt sofreu dois acidentes em seis semanas. O primeiro foi em um teste de pneus no Kansas e outro em Talladega. Depois de avaliação médica, Junior ficou de fora por duas etapas durante o Chase daquele ano - Charlotte e Kansas -, tendo Regan Smith como seu substituto. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias NASCAR Cup
Pilotos Dale Earnhardt Jr.
Tipo de artigo Últimas notícias