Hall da Fama da NASCAR oficializa entrada de 5 novos membros

compartilhar
comentários
Hall da Fama da NASCAR oficializa entrada de 5 novos membros
Jim Utter
Por: Jim Utter
19 de jan de 2018 20:14

Robert Yates, Red Byron, Ray Evernham, Ken Squier e Ron Hornaday Jr. serão homenageados na noite desta sexta-feira em Charlotte

Ray Evernham
Ron Hornaday

A NASCAR realiza nesta sexta-feira (19) mais um evento de indicação de novos membros do Hall da Fama. Robert Yates, Red Byron, Ray Evernham, Ken Squier e Ron Hornaday Jr. receberão a homenagem oficial da categoria e ficarão eternizados na história da maior categoria do automobilismo norte-americano.

O construtor de motores de longa data e ex-proprietário de equipe, Robert Yates, que morreu no ano passado, e Red Byron, o primeiro campeão da NASCAR, lideraram as votações para este ano.

Também foram eleitos o ex-chefe e proprietário de equipe, Ray Evernham, o ícone das transmissões, Ken Squier e o ex-campeão da Truck Series, Ron Hornaday Jr.

A votação foi a seguinte: Yates (94%), Byron (74%), Evernham (52%), Squier (40%) e Hornaday (38%).

Yates, que iniciou sua carreira na Holman-Moody Racing, em 1968, conseguiu um emprego com Junior Johnson em 1971, e o resto é história. Esteve por trás de Bobby Allison e Cale Yarborough, depois liderando Allison para o campeonato de 1983 com a DiGard Racing.

No final da década de 1980, Yates abriu sua própria equipe, Robert Yates Racing. O sucesso veio rapidamente, o piloto Davey Allison ganhou o Daytona 500 de 1992 e terminou em terceiro lugar no campeonato daquela temporada. Em 1996, Yates expandiu seu time para dois carros com Dale Jarret e Ernie Irvan - e imediatamente ganhou a Daytona 500 com o Jarret.

Jarrett ganharia outra Daytona 500 em 2000, um ano depois de vencer o campeonato NASCAR - tudo com os Fords de Yates. Sua linhagem continua hoje, como o filho, Doug Yates mantendo seu legado como um dos principais construtores de motor do esporte.

Robert "Red" Byron ganhou a primeira corrida da NASCAR após sua fundação, em Daytona Beach em 1948 e foi o primeiro campeão da categoria, em 1949.

Ray Evernham guiou Jeff Gordon e a equipe nº 24 da Hendrick Motorsports para três campeonatos em quatro temporadas (1995, 1997 e 1998) e uma série de 47 vitórias na década de 1990. Entre seus triunfos estão duas Daytona 500 (1997, 99) e duas Indianápolis 400 (1994, 1998). Em 2001, Evernham foi dono de equipe, levando o retorno de Dodge para NASCAR. Seus pilotos ganharam 13 vezes.

Ken Squier deixou sua marca durante os anos de transmissão da NASCAR. Squier foi co-fundador da Motor Racing Network (MRN) em 1970. Foi sua voz que levou a NASCAR a uma audiência nacional sedenta de cobertura ao vivo, dando a visão de seu insider sobre o que ele descreveu como "homens comuns" fazendo coisas incomuns. Ele ficou mais conhecido por ter narrado a Daytona 500 de 1979, um momento decisivo para todo o esporte.

Ron Hornaday, um piloto de segunda geração de Palmdale, Califórnia, possui um recorde de quatro campeonatos da Truck Series e 51 vitórias. Ele também detém as melhores marcas da Truck Series para top-5 (158) e top-10 (234). Em 2009, Hornaday ganhou cinco corridas consecutivas, uma façanha marcada apenas três vezes na história da NASCAR.

Além disso, Jim France, filho do fundador da NASCAR, Bill France Sr., foi reconhecido como vencedor do Landmark Award, que reconhece contribuições extraordinárias para a NASCAR.

Em 1999, a França fundou Grand-Am Road Racing e em 2012, foi a força motriz por trás da fusão da Grand-Am e da American Le Mans Series. France também supervisionou a reforma de US$ 400 milhões do Daytona International Speedway.

A repórter Norma "Dusty" Brandel será reconhecida como a sétima ganhadora do Prêmio Squier-Hall da NASCAR Media Excellence. Ela começou sua carreira em 1955 no Hollywood Citizen-News antes de se juntar ao San Fernando Sun e ao Valley View and Glendale News-Press. Sua carreira também incluiu vários períodos da imprensa do sul da Califórnia, incluindo Whiteman Stadium.

Próxima NASCAR Cup matéria
Danica consegue patrocínio para Daytona e Indy 500

Previous article

Danica consegue patrocínio para Daytona e Indy 500

Next article

Danica Patrick fecha acordo para correr Daytona 500

Danica Patrick fecha acordo para correr Daytona 500
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria NASCAR Cup
Pilotos Ron Hornaday , Ray Evernham , Robert Yates , Red Byron
Autor Jim Utter
Tipo de matéria Conteúdo especial