Suspeitos de invadir casa de Richard Childress são presos

Autoridades prenderam três homens que estariam ligados à tentativa de invasão da casa de Richard Childress no mês passado

O escritório do xerife do condado de Davidson, Carolina do Norte, emitiu comunicado à imprensa nesta terça-feira, indicando que haviam prendido três pessoas no dia 29 de dezembro que tentaram roubar a residência de Richard Childress, dono da equipe que leva seu nome na NASCAR.

Os três homens presos são: Niquan Victorin, Chantz Kade Hines e Armeka Vantonne Spinks, todos da Carolina do Norte.

Os três suspeitos foram identificados como autores de um roubo de armas no dia 15 de dezembro e depois de uma investigação mais aprofundada, se descobriu que eles corresponderam às descrições físicas dos suspeitos na tentativa de assalto à casa de Childress.

Foram encontradas evidências durante a execução de dois mandados de busca em duas residências em Winston-Salem, conectando os três suspeitos tanto ao crime do dia 15 de dezembro, quanto ao caso de invasão na casa da Childress em Hampton Road, no condado de Davidson.

Childress e sua esposa, Judy, estavam na residência em 17 de dezembro quando ouviram um barulho no andar mais baixo de sua casa, aproximadamente às 22h30. Os assaltantes – vistos no vídeo da câmera de vigilância - entraram na casa, quebrando uma janela ao lado da maçaneta da porta, e ativou um alarme.

Childress ouviu o barulho e foi atrás dos invasores, chegando a disparar sua arma contra eles. Ninguém ficou ferido. 

Uma recompensa de até US$ 50.000 (aproximadamente R$ 160 mil) foi oferecida para obter informações sobre a identidade dos suspeitos.

A Richard Childress Racing, de Childress, com sede em Welcome, Carolina do Norte, tem equipes na Monster Energy NASCAR Cup Series e Xfinity Series.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias NASCAR Cup , NASCAR XFINITY
Equipes Richard Childress Racing
Tipo de artigo Últimas notícias