Jeff Gordon lidera classe de 2019 do Hall da Fama da NASCAR

Além do lendário tetracampeão, Jack Roush, Roger Penske, Davey Allison e Alan Kulwicki também fazem parte da premiação anual da categoria

Jeff Gordon, quatro vezes campeão no que é hoje a Monster Energy NASCAR Cup Series, liderou os cinco membros da classe de 2019 do Hall da Fama da NASCAR.

Gordon, que agora atua como comentarista da Fox Sports dos Estados Unidos, venceu 93 corridas na Cup e quatro campeonatos de série (1995, 1997, 1998 e 2001).

Hoje com 46 anos, ele começou sua carreira na categoria equivalente a Xfinity Series, vencendo três corridas, e começou a correr em tempo integral na Cup pela Hendrick Motorsports em 1993.

Gordon esteve 96% dos votos desta quarta-feira.

Além dele, também foram eleitos para a classe de 2019:

Jack Roush, dono da Roush Fenway Racing, cinco vezes campeão de proprietários nas três séries nacionais da NASCAR;

Roger Penske, proprietário da Penske e vencedor de quatro campeonatos de proprietários de na Cup e da série Xfinity. Tem também o título de pilotos com Brad Keselowski, em 2012;

Davey Allison, que venceu 19 vezes na principal série da NASCAR, incluindo a Daytona 500 de 1992;

Alan Kulwicki, campeão de 1992 da principal série da NASCAR com equipe própria.

Além disso, Jim Hunter, antigo executivo da NASCAR e ex-presidente do Darlington Raceway, foi eleito o vencedor do Landmark Award, que reconhece as contribuições excepcionais para a NASCAR.

A classe 2019 será apresentada em 1º de fevereiro de 2019.

Voto de Jim Utter

Jim Utter, editor de NASCAR do Motorsport.com, está entre os membros do painel de votação que seleciona os membros do Hall da Fama.

Ele votou em Gordon, Roush, Buddy Baker, Penske e Joe Gibbs. Utter também votou em Hunter pelo Landmark Award.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias NASCAR Cup , NASCAR XFINITY , NASCAR Truck
Pilotos Jeff Gordon , Alan Kulwicki , Davey Allison
Equipes Team Penske , Roush Fenway Racing
Tipo de artigo Últimas notícias