Mesmo com celular roubado, Stewart mantém bom humor

Tricampeão da NASCAR se despede da categoria neste fim de semana em Homestead-Miami

No próximo domingo Tony Stewart fará sua última corrida como piloto regular da NASCAR, em Homestead-Miami, onde mais uma vez o título será definido. O tricampeão da categoria chegou de bom humor ao centro de imprensa do autódromo, apesar de um problema relatado pouco comum.

"Fiquei nervoso ontem porque alguém roubou meu telefone celular. É muito ruim começar o fim de semana dessa forma."

Stewart disse que a coisa mais decepcionante de ter seu telefone roubado é a impossibilidade de ler e responder aos telefonemas e mensagens de texto de pessoas o felicitando pela sua carreira na NASCAR.

"Eu devo ter um novo telefone amanhã e quando eu ligá-lo, tenho certeza que vai ficar louco."

O que muda após o fim de semana

Stewart, que tem 49 vitórias Sprint Cup, afirmou que seu envolvimento com a NASCAR não diminuirá. Em vez disso, seu papel mudará, com ênfase na supervisão da Stewart-Haas Racing na adição de um novo programa na Xfinity Series.

"No panorama geral, não será realmente uma grande mudança, porque 90% das coisas que eu estou fazendo, eu vou continuar a fazer", disse ele. "Obviamente, no mundo das corridas, será uma grande mudança, mas no meu mundo, não vai ser."

"Isso mais parece o intervalo de um jogo, com toda a honestidade. Esta foi a primeira metade e na próxima temporada vai começar a segunda metade. Será tão divertido, se não mais, do que a primeira metade."

O legado de Stewart

Questionado sobre seu legado na NASCAR, Stewart disse que não havia pensado nisso.

"Normalmente, o legado significa que você está velho", disse ele. "Foram 18 anos divertidos. Nem todas as partes foram divertidas e fiz a vida de vocês um inferno, em certos pontos da minha carreira, mas eu sempre disse o que estava na minha cabeça."

"Se era popular ou impopular, eu sempre lutava pelo que acreditava, se era a segurança para outros pilotos ou alguma etiqueta na pista. Eu sempre lutava pelo que eu acreditava. Eu não estava tentando ser um idiota, ou algo assim, eu sempre falava e lutava pelo que acreditava."

É realmente o fim?

Stewart disse que, a respeito de domingo, será a sua última prova na Sprint Cup.

"Não, eu estou bem", disse ele quando perguntado se haveria algum cenário que o atraísse voltar. "É isso. Esta é a ultima."

"Eu aprendi a lição de Jeff (Gordon) este ano. Jeff tentou fazer um favor a alguém este ano e ficou preso na metade da temporada. Obrigado, Jeff, por me ensinar uma lição."

Stewart admitiu que correr é a única coisa que sabe, então seu próximo calendário está cheio, trabalhando no Tulsa Shootout no final de dezembro, uma viagem para o Talladega Short Track e depois retornando em janeiro para Tulsa, para o Chili Bowl.

"Então, é assim que é a aposentadoria", ironizou Stewart. "É estar apenas mais ocupado."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias NASCAR Cup
Pilotos Tony Stewart
Equipes Stewart-Haas Racing
Tipo de artigo Entrevista