Na última volta, Logano vence e "varre" Watkins Glen

Piloto da Penske aproveitou a estratégia de combustível errada de Kevin Harvick nas últimas curvas e ganhou a sua segunda prova do ano. Kyle Busch consegue elegibilidade para o Chase

Com final emocionante, novamente ocasionado pela estratégia do combustível, Joey Logano se aproveitou da pane seca de Kevin Harvick nas últimas curvas e venceu a segunda prova em misto de sua carreira em Watkins Glen. O piloto da Penske também venceu ontem valendo pela Xfinity Series, "varrendo" o circuito.

Kyle Busch ainda conseguiu ficar em segundo, praticamente dividindo a linha de chegada com Harvick, que cruzou a faixa muito lento. Dessa forma, o piloto do carro #18 ocupa exatamente a 30° posição no campeonato e estaria no Chase, caso começasse amanhã.

Foi a segunda vitória de Logano no ano, antes ele havia vencido a Daytona 500, em fevereiro. Quem se deu muito mal foi Tony Sewart. O "Smoke" largou em terceiro, fazia uma corrida regular, mas por problemas mecânicos abandonou a prova na volta 56. Mesmo com outros pilotos tendo problemas, ele acabou amargando a última posição, dando adeus a qualquer tipo de pretensão no campeonato.

A etapa de Watkins Glen da Sprint Cup não teve um grande acidente, como aconteceu nos últimos anos. Mesmo assim, a corrida contou com uma bandeira vermelha por causa do grande volume de fluído deixado na pista após "engavetamento" na relargada da volta 49, quando Sam Hornish refugou numa das relargadas. No total, apenas cinco bandeiras amarelas foram acionadas, dando boa fluência à prova.

Outra cena curiosa ficou à cargo de Denny Hamlin, que novamente teve problemas com seu capô, que ficou aberto, ocupando boa parte da área do vidro da frente de seu carro. A direção de prova o chamou para os pits e a equipe colocou outra peça no lugar. Vale lembrar que em Indianápolis o piloto da Joey Gibbs sofreu o mesmo problema.

Com poucas bandeiras amarelas a estratégia do combustível deu as caras novamente numa prova da Cup. Assim como em Pocono na semana passada, a prova foi definida nas últimas curvas. Logano, que foi um dos "azarados" da semana passada, se beneficiou desta vez, ultrapassando Kevin Harvick perto da linha de chegada.

A próxima etapa da Sprint Cup acontece em Michigan, dia 16 de agosto, às 15h30, horário de Brasília.

Confira o resultado final da prova:

Posição Piloto
1 Joey Logano
2 Kyle Busch
3 Kevin Harvick
4 Matt Kenseth
5 Kurt Busch
6 Clint Bowyer
7 Brad Keselowski
8 Carl Edwards
9 Sam Hornish Jr.
10 Jimmie Johnson
11 Dale Earnhardt Jr.
12 Kyle Larson
13 Paul Menard
14 Greg Biffle
15 Ryan Newman
16 Aric Almirola
17 Danica Patrick
18 Casey Mears
19 Justin Allgaier
20 Michael McDowell
21 Cole Whitt
22 Trevor Bayne
23 David Ragan
24 AJ Allmendinger
25 Martin Truex Jr.
26 Matt DiBenedetto
27 Denny Hamlin
28 Alex Kennedy
29 Alex Bowman
30 J.J. Yeley
31 Michael Annett
32 Boris Said
33 David Gilliland
34 Ricky Stenhouse Jr.
35 Landon Cassill
36 Austin Dillon
37 Chris Buescher
38 Timmy Hill
39 Jeb Burton
40 Jamie McMurray
41 Jeff Gordon
42 Kasey Kahne
43 Tony Stewart

 

Daytona 2016 

Senhores, liguem seus motores! A corrida de maior impacto da Nascar está agora ao seu alcance. Saiba como aqui

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias NASCAR Cup
Evento Watkins Glen
Sub-evento Corrida - Domingo
Pista Watkins Glen International
Pilotos Joey Logano
Tipo de artigo Relato da corrida