Penske ainda busca sua primeira vitória em Indianápolis

Roger Penske faz grande sucesso em Indianápolis pela Indy, mas nunca venceu no oval pela NASCAR

A Penske tem desfrutado de um enorme sucesso no Indianapolis Motor Speedway. Nenhuma outra organização conseguiu chegar a 16 vitórias e 17 poles nas 500 Milhas. Mas há um troféu faltando na prateleira de Roger Penske. É o da Brickyard 400.

A Chip Ganassi foi o primeiro time a conseguir varrer as principais provas do automobilismo americano num mesmo ano. Em 2010, Jamie McMurray venceu a Daytona 500 e as 400 milhas de Indianápolis. Dario Franchitti foi o grande vencedor da Indy 500.

Dois anos depois, Brad Keselowski venceu em Indianápolis, mas pela Xfinity Series.

Em 21 tentativas valendo pela maior categoria do automobilismo americano em Indianápolis, os pilotos da Penske ficaram aquém das expectativas. Concorrendo no total com 40 pilotos, os melhores resultados foram um segundo lugar por três vezes com Rusty Wallace (1995, 2000 e 2002). Keselowski conseguiu a nona colocação por duas vezes, enquanto que Joey Logano foi quinto lugar no ano passado.

"Estivemos perto uma porção de vezes, mas faltou finalizar melhor as provas", admitiu Roger.

Vale lembrar que em 2015 Joey Logano venceu as 500 milhas de Daytona e Juan Pablo Montoya a de Indianápolis, logo, a pressão para que finalmente a Penske saia do zero é grande neste fim de semana.

"Estivemos perto de vencer algumas vezes, vou ter que conversar com esses rapazes à minha direita (se referindo a Logano e seu chefe de equipe, Todd Gordon) e aos que não estão aqui no momento sobre o que podemos fazer de diferente este ano. Esse parece ser um lugar feito para o Jeff Gordon, talvez tenhamos mais chances a partir do ano que vem."

Sobre os pacotes aerodinâmicos

Há duas semanas, no Kentucky, a NASCAR testou novo pacote aerodinâmico de baixo downforce, o que aumentou a competitividade da prova.

Nesse fim de semana, em Indianápoilis, será utilizado pela primeira vez um novo pacote, mas com arrasto maior para tentar promover as provas em grupos maiores.

Para a Penske, que trabalha com quatro pilotos na Indy, mudanças na aerodinâmica não são novidades. Sendo o atual campeão de donos de equipes e atual líder do campeonato de pilotos, Roger defende as medidas tomadas pela NASCAR:

"Acho que temos que ter uma corrida melhor. Quando fazemos esses tipos de mudanças na Indy costuma dar certo. Podemos fazer a mesma coisa aqui. Não é tão complicado. Por enquanto, tudo bem."

 

Daytona 2016 

Senhores, liguem seus motores! A corrida de maior impacto da Nascar está agora ao seu alcance. Saiba como aqui

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias NASCAR Cup
Evento Indianapolis
Pista Indianapolis Motor Speedway
Pilotos Brad Keselowski , Joey Logano
Tipo de artigo Entrevista
Tags roger penske