Piloto da NASCAR é preso por contrabando de tabaco

Derek White estava entre aproximadamente 60 pessoas detidas no que a polícia canadense definiu como "a maior apreensão de contrabando de tabaco na história da América do Norte"

Derek White, piloto que vagou pelas três principais divisões da NASCAR nos últimos seis anos e também da versão canadense da categoria, foi preso nesta semana acusado de participar de um esquema de venda ilegal de tabaco. A importação dos Estados Unidos para o Canadá seria feita de maneira ilegal.

A notícia veio por meio da Bloomberg Businessweek, que também coloca como atribuições do piloto como fazer parte de uma gangue de motociclistas, crime organizado, além da importação ilegal citada.

White, que está com 45 anos, é membro da tribo Mohawk, que vive em Kahnawake, perto de Montreal. 

O canadense tem uma participação na Sprint Cup, em New Hamshire, em 2015, além de 22 largadas pela Xfinity e seis na Truck Series. Pela NASCAR Pinty's Series - divisão canadense da categoria -, White teve 36 participações, conseguindo dois Top10.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias NASCAR Cup , NASCAR XFINITY , NASCAR Truck
Pilotos Derek White
Tipo de artigo Últimas notícias