Stewart-Haas surpreende e anuncia mudança para Ford em 2017

compartilhar
comentários
Stewart-Haas surpreende e anuncia mudança para Ford em 2017
Nick DeGroot
Por: Nick DeGroot
24 de fev de 2016 16:31

Equipe, que tem corrido com Chevrolet desde a criação, em 2009, fará a transição para a Ford ao final da temporada 2016 da Sprint Cup

Greg Biffle, Roush Fenway Racing Ford
Vencedor da corrida e 2014 NASCAR Sprint Cup series campeão Kevin Harvick, Stewart-Haas Racing Chevrolet celebra com Tony Stewart, DeLana Harvick, Gene Haas e toda a equipe
Stewart-Haas Racing cars of Danica Patrick, Stewart-Haas Racing Chevrolet, Kurt Busch, Stewart-Haas Racing Chevrolet e Kevin Harvick, Stewart-Haas Racing Chevrolet
Tony Stewart, Stewart Haas Racing Chevrolet, detalhe frenteal
Gene Haas, Clint Bowyer e Tony Stewart, Stewart-Haas Racing
Kevin Harvick, Stewart-Haas Racing Chevrolet, Brad Keselowski, Penske Racing Ford
The car of Brian Vickers, Stewart-Haas Racing Chevrolet
Kevin Harvick, Stewart-Haas Racing Chevrolet
Tony Stewart, Stewart-Haas Racing Chevrolet
Kurt Busch, Stewart-Haas Racing Chevrolet

Em um movimento que pegou todos na NASCAR de surpresa, a Stewart-Haas anunciou nesta quarta-feira (24) uma mudança significativa na equipe para a temporada 2017 da Sprint Cup: sai a Chevrolet, parceira desde a criação do time (em 2009), entra a Ford.

Com a utilização dos motores preparados pela Roush-Yates no próximo ano, a Stewart-Haas será, pelo menos pelo que se tem confirmado até o momento, a maior equipe da Ford em quantidade de carros, com quatro.

“Tenho orgulho de nossa associação com a Chevrolet, pois eles nos ajudaram a construir o que somos hoje. A nova parceria com a Ford nos permitirá fortalecer nossa posição na categoria e garantir nossa estabilidade e sucesso a longo prazo", disse Tony Stewart, coproprietário do time.

Gene Haas, a outra metade que controla o time, também comentou a mudança da Chevrolet para a Ford. "Tivemos muito sucesso com a Chevrolet, mas esta oportunidade com a Ford permitirá que evoluamos enquanto seguimos competindo no mais alto nível dentro da categoria", afirmou.

Desde a criação, em 2009, A Stewart-Haas conquistou dois títulos da Sprint Cup - em 2011, com Tony Stewart, e em 2014, com Kevin Harvick - além de vencer 30 corridas no total. A mudança na estrutura do time também significa o término da parceria técnica com a Hendrick.

“Nós deixamos muito claro desde o início que não estamos na NASCAR apenas para competir, mas para vencer corridas e conquistar títulos. Acreditamos que a parceria com a Stewart-Haas a partir de 2017 dará ao nosso programa um grande impulso para estarmos na disputa pelo campeonato de pilotos e de fabricantes", completou Dave Pericak, diretor global da Ford Performance, divisão de competição da marca norte-americana.

Próxima NASCAR Cup matéria
Após duas décadas, NASCAR volta à TV aberta

Previous article

Após duas décadas, NASCAR volta à TV aberta

Next article

Kurt Busch larga na pole após desclassificação de Kyle

Kurt Busch larga na pole após desclassificação de Kyle
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria NASCAR Cup
Equipes Stewart-Haas Racing
Autor Nick DeGroot
Tipo de matéria Últimas notícias