Allgaier diz que ligou para Whitt após final em Homestead

Um dos prejudicados na última relargada na decisão de Homestead-Miami pela Xfinity Series, piloto que esteve no Brasil comentou prova final e avaliou primeiro Chase na categoria

Uma das cenas mais polêmicas da final da Xfinity Series em Homestead-Miami foi a presença de Cole Whitt, piloto que costumeiramente briga por posições no fim do grid, largando na primeira fila na última relargada na decisão. Com o ritmo nitidamente mais lento, Erik Jones e Justin Allgaier ficaram "presos" com a presença do "intruso".

Largando na fila interna, Daniel Suarez não teve grandes problemas em superar o outro finalista, Elliott Sadler, para a vitória que garantiu o título.

No Brasil para competir na Porsche GT3 Cup, junto com Miguel Paludo, Allgaier afirmou que ligou para Whitt na manhã seguinte da decisão e que compreende a decisão do piloto.

"Liguei para Cole Whitt na manhã seguinte da corrida. A NASCAR é um esporte único, especialmente durante o Chase. Como piloto, estávamos lá pelo campeonato, mas também queremos ganhar a corrida."

"Ele realmente pensou que poderia fazer algo diferente, que pudesse funcionar e que não afetaria o campeonato. Cole estava pedindo desculpas a toda hora, ele estava em uma situação ruim. Ao mesmo que entendo sua situação, eu não aprovo sua atitude, mas não o culpo pelo que fez, porque cinco ou seis outros pilotos poderiam ter feito o mesmo. Eles queriam vencer a corrida e acharam que tiveram a decisão certa."

Mesmo com a sexta posição na prova, o que lhe deu a terceira colocação no campeonato, e com grandes possibilidades de conquista do título até antes da última relargada, Allgaier se diz muito orgulhoso pelo seu trabalho e da equipe.

"Quando soubemos que faríamos a final, sabíamos que tínhamos chances de vitória em Homestead. Sabíamos quão rápidos poderíamos ser e estávamos incrivelmente velozes."

"Na corrida tudo ocorreu da melhor forma possível. Brigamos pelo campeonato por toda a corrida. Estou muito orgulhoso porque todos os envolvidos com o carro subiram de patamar."

"Se mantivermos esse nível, certamente estaremos na final no próximo ano novamente. Algumas coisas não estavam sob nosso controle, mas estou muito orgulhoso de nosso trabalho."

Primeiro Chase da Xfinity Series

O ano de 2016 marcou a primeira experiência da Xfinity Series com o Chase, formato que acompanha a Sprint Cup desde 2004. Ao final da temporada, Allgaier avaliou o novo campeonato.

"Eu gostei, por que fui dos finalistas", brincou o piloto da JR Motorsports. "O Chase foi bom do ponto de vista da competitividade, já que com 12 classificados você eleva o nível da competição."

"O que marca o Chase na Xfinity Series é que não necessariamente um cara que briga pelo título pode vencer, ao passo que na Sprint Cup a chance de vitória de um Chaser é muito maior."

"Acredito que as mudanças deixaram a categoria melhor. Para os fãs, alguns amaram e outros odiaram, mas do meu ponto de vista a maioria gostou, mesmo sabendo que um número grande de pessoas não aprovou."

"Para nós, um esporte precisa de constante melhorias. Todos os grandes esportes passam por mudanças constantes e para nós, o Chase foi uma boa mudança. Estamos conectados com os fãs mais jovens e mais velhos e estaremos juntos pelos próximos anos."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias NASCAR XFINITY
Pilotos Justin Allgaier
Tipo de artigo Entrevista