Em final acirrado, Elliott segura Logano e vence em Daytona

Piloto, pole das 500 Milhas de Daytona na Sprint Cup, conteve ataque final de Joey Logano para triunfar em etapa de abertura da XFINITY Series

Chase Elliott está, definitivamente, em uma semana iluminada em Daytona. Após conseguir a pole position para as 500 Milhas de Daytona, etapa de abertura da NASCAR Sprint Cup, o piloto venceu neste sábado (20) a prova de abertura da XFINITY Series no tradicional oval localizado no estado norte-americano da Flórida.

Mas a vitória de Elliott não veio sem certa dose de emoção. Na última relargada da prova, a 13 voltas do final, o piloto do #88 teve que se defender de todas as formas dos ataques dos adversários. Até então, o segundo colocado era Elliott Sadler, colado na traseira do carro do jovem piloto.

Na última volta, no entanto, Joey Logano - que chegou a liderar parte da corrida - partiu para o ataque e se colocou em segundo, empurrando o carro de Elliott. Na reta final, o piloto da Penske foi agressivo na tentativa de desestabilizar o adversário e superá-lo antes da linha de chegada, chegando a dar um toque na parte traseira direita do #88.

Elliott, porém, conseguiu controlar o carro como um veterano e cruzou a linha de chegada em primeiro, com apenas 0s043 de vantagem sobre Logano, que teve de se contentar com o segundo lugar. Kasey Kahne foi o terceiro, seguido por Elliott Sadler e Darrell Wallace Jr., que completou o grupo dos cinco primeiros.

Foi a primeira vitória de Elliott em Daytona e a quinta na XFINITY Series. Neste domingo, o piloto tentará repetir o feito ao volante do #24 - número que até 2015 pertencia ao lendário Jeff Gordon, que se aposentou da NASCAR ao final da temporada passada.

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias NASCAR XFINITY
Evento Daytona
Pista Daytona International Speedway
Pilotos Joey Logano , Chase Elliott
Tipo de artigo Relato da corrida