Dono de equipe negocia com brasileiro para NASCAR

compartilhar
comentários
Dono de equipe negocia com brasileiro para NASCAR
Erick Gabriel
Por: Erick Gabriel
4 de jan de 2018 17:37

Carlos Crespo, dono da NextGen Motorsports, admite que está falando com piloto brasileiro para uma das principais divisões da categoria

Após quase dois anos sem representante na maior categoria do automobilismo norte-americano, o Brasil poderá ter um piloto na NASCAR em 2018.

É o que admite Carlos Crespo, dono da NextGen Motorsports, pequena equipe que tem como um de seus propósitos, abrir as portas para estrangeiros na NASCAR.

Em entrevista exclusiva ao Motorsport.com Brasil, Crespo diz que está conversando com um competidor, mas que que não poderia revelar quem é.

“Nosso objetivo é ter pilotos estrangeiros”, disse Carlos. “Estamos com um piloto mexicano para 2018 e seria sensacional podermos incluir um brasileiro. Com a história fantástica que tem os pilotos brasileiros no automobilismo mundial, ter um na NASCAR e em nossa equipe é um dos nossos objetivos. Isso seria muito positivo pra nós e para a NASCAR.”

“Nosso plano é ter uma equipe com vários pilotos de vários países estrangeiros nos Estados Unidos correndo na NASCAR.”

“Neste momento, estamos falando com um piloto e estudando as possibilidades de fazer várias corridas em 2018. Como você sabe, isso é confidencial e não podemos falar quem são essas pessoas.”

“Mas a resposta é sim, estamos com a possibilidade de um brasileiro correndo na NASCAR em 2018.”

Mesmo não revelando que piloto poderá competir, Carlos Crespo dá a entender de que ele começará do zero, em uma das categorias regionais da NASCAR, que serve como apoio a quem tentará a sorte na Truck Series.

“Todo piloto que corre na NASCAR tem que passar em uma cagoria K&N e espera que a direção da categoria autorize a competir em uma série nacional. O plano inicial seria na K&N com planos de subir para a Truck, Xfinity e finalizar na Cup se tudo der certo.”

O Brasil teve Christian Fittipaldi como primeiro representante na NASCAR, no início dos anos 2000. Nelsinho Piquet e Miguel Paludo chegaram a fazer temporadas completas pela Truck e Xfinity Series, com o filho do tricampeão mundial de F1 vencendo em quatro oportunidades: uma na K&N Pro Series East, duas na Truck e uma pela Xfinity Series, em Road America. É de Nelsinho também a última participação brasileira na categoria, em Mid-Ohio, em 2016, pela Xfinity.

Quem é Carlos Crespo?

Carlos Crespo é o proprietário da NextGen Motorsports, time baseado em Mooresville, Carolina do Norte. Cubano radicado nos Estados Unidos, ele também se aventura como piloto, fazendo parceria com Beto Monteiro na versão norte-americana da Porsche GT3 Cup nos últimos anos.

Mas nem sempre foram as quatro rodas que atrairam Crespo. Ele também foi piloto de motos, mas desistiu de sua carreira amadora após um grave acidente em Daytona, em 1992.

Um dos maiores incentivadores para a carreira como dono de equipe, é José Sabates, irmão de Felix Sabates, um dos proprietários da operação da Chip Ganassi na NASCAR. Segundo Crespo, “José foi a pessoa chave que estimulou a ter uma equipe na NASCAR. Ele é muito apaixonado e gosta muito de ajudar pilotos estrangeiros."

Próxima NASCAR matéria
VÍDEO: Quando Muhammad Ali foi homenageado na NASCAR

Previous article

VÍDEO: Quando Muhammad Ali foi homenageado na NASCAR

Next article

Gomes confirma participação em categoria regional da NASCAR

Gomes confirma participação em categoria regional da NASCAR
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria NASCAR
Autor Erick Gabriel
Tipo de matéria Entrevista