Coluna do Pedro Piquet: "Valeu a preparação para 2016"

Pedro Piquet, especial para o Motorsport.com

No último fim de semana a gente era bem rápido, no comparativo com todo mundo. Liderei os últimos treinos e fomos bem nas classificações, terminando em terceiro e segundo (a um milésimo do pole). Acho que foi bom porque estávamos sofrendo um pouco nas classificações e o resultado deixou confiante.

Mas infelizmente nas corridas não deu tão certo. Estava ali entre quinto e quarto na primeira corrida, ia marcar alguns pontos. E aí outro cara do meu time bateu em mim na roda de trás e tive que abandonar.

Daí na segunda corrida tive que largar de último e cheguei em oitavo, passando 10 carros em 15 voltas só, o que foi legal.

Na corrida final larguei em segundo e segurei a posição na largada. E aí numa relargada caí para terceiro. Ia terminar a corrida em terceiro e tinha uma bandeira amarela há três voltas na última curva, que era um dos pontos de ultrapassagem.

Daí, sem eu saber, o dono da equipe pediu para o piloto que vinha em segundo, que era o mesmo que tinha me tirado da corrida 1, me deixar passar para eu terminar em segundo a corrida e terceiro o campeonato.

Eu já não achei certo isso, porque não acho certo essas coisas de deixar passar para o outro melhorar e tal. Estava feliz com o terceiro lugar na corrida e o quarto no campeonato, porque sabia que não tive culpa nas batidas que acabaram me deixando longe do título ao longo das outras provas. E principalmente porque vinha com um desempenho bom, andando com ritmo forte mesmo sem os resultados da última etapa mostrarem isso em termos de pontuação.

Mas aí ele tirou o pé e freou bem no trecho onde tinha a bandeira amarela –e eu literalmente desviei dele. Eu não sabia que ele ia me deixar passar, ninguém me avisou nem falou com o engenheiro. Não entendi na hora, não sabia direito o que tinha acontecido e no final levei uma punição de 30s.

Foi uma pena, porque vinha muito bem na corrida longa. Cansei pouco, estava bem no ritmo forte e foi isso.

Acho que foi uma boa preparação para 2016 e em cerca de duas semanas começamos a pré-temporada de treinos para a F3 Euro.

Obrigado a todos que torceram por mim na Nova Zelândia e vamos com tudo no resto do ano.

Grande abraço.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Other open wheel
Pilotos Pedro Piquet
Tipo de artigo Blog