Ricardo Rosset é o primeiro tricampeão da Porsche GT3 Cup

Título veio em vitória de Lico Kaesemodel em Interlagos. Campeonato foi definido em tentativa de ultrapassagem de Constantino Junior, que resultou em acidente

Aos 47 anos, Ricardo Rosset se tornou o primeiro tricampeão da Porsche GT3 Cup. A conquista veio após a sétima colocação na segunda bateria da etapa de Interlagos.

Constantino Junior, que brigava pela conquista acabou saindo da pista na 11° volta, ao tentar ultrapassar o próprio Rosset. A manobra o obrigou a abandonar a corrida, fazendo com que o piloto do carro #00 perdesse a segunda colocação do campeonato.

Miguel Paludo ficou com a terceira posição da corrida e com o incidente de Junior, acabou terminando como vice-campeão.

O vencedor da prova foi Lico Kaesemodel, que teve sempre a presença de Pedro Queirolo pressionando desde o início da prova.

"Essas últimas semanas foram muito tensas", disse Rosset. "Chegamos junto aqui com a mesma pontuação, com o mesmo peso e ele estava mais rápido ontem, o que aumentou o nervosismo."

Em seguida, o novo tricampeão falou sobre a prova.

"No começo da corrida eu estava rápido e consegui uma diferença perfeita, que me dava o controle. Só que meu carro começou a sair de frente, começou travar as rodas e ele começou a chegar mais perto."

"Ele tentou fazer a ultrapassagem num ponto muito sujo. Quando vi que ele jogou por dentro, observei que não haveria espaço e em seguida vi que ele passou reto."

Constantino Junior acabou admitindo o erro e isentou Rosset de ter jogado sujo no momento da tentativa de ultrapassagem.

"Acho que me precipitei um pouco. No final, o Ricardo se protegeu, deixou pouco espaço para mim e decidi fazer aquele caminho. Então, para evitar um toque com ele, com consequências piores acabei indo para a grama."

"O Rosset fez o jogo dele. Ele me induziu ao erro, faz parte da corrida, O campeonato foi merecido e está em boas mãos."

Quem torcia para que o incidente tivesse "sobrado" para os dois foi Miguel Paludo, que seria o campeão, caso os dois não pontuassem.

"Comecei a corrida poupando os pneus traseiros. Normalmente no final é quando se consegue atacar, mas eles - Lico e  Queirolo - estavam muito rápidos, e quando se abre um ou dois segundos fica difícil de recuperar. Esperei que os dois brigassem, mas não aconteceu muito", lamentou o piloto gaúcho.

Mesmo com as atenções voltadas para a disputa do campeonato, Lico Kaesemodel não quis saber e comemorou muito a primeira vitória do ano, que teve ares de dramaticidade, já que Pedro Queirolo o pressionou durante toda a prova.

"Nas retas eu conseguia abrir um pouco, mas no miolo ele grudava em mim. Mas deu tudo certo, mudamos muito nosso acerto de ontem para hoje. Fechar o ano com uma vitória foi um espetáculo!"

Pela Cup Sport, Daniel Schneider confirmou o favoritismo sobre Rodolfo Ometto e conquistou o título da classe.

A Corrida

A pole position para a bateria final foi de Lico Kaesemodel, já que terminou a prova de ontem em oitavo. Ricardo Rosset largou em sexto e Constantino Junior em sétimo, mas dos pretendentes ao título, quem saiu melhor foi Miguel Paludo, na quarta posição.

Na largada Kaesemodel manteve a ponta. Paludo pulou para a terceira posição e a dupla Rosset e Junior também ganharam um posto. Na segunda volta, Rodolfo Ometto rodou e acabou caindo para a última posição, se complicando na disputa do título da Cup Sport.

A briga entre Constantino e Rosset, válida pela quinta posição foi a tônica da prova, já que quem ganhasse a posição se tornaria o campeão. Na abertura da sétima volta o #00 chegou perto, mas não conseguiu fazer a manobra de ultrapassagem.

Na 11° volta Constantino tentou arriscar ultrapassagem, mas perdeu o controle do carro, indo parar na brita e abandonando em seguida.

Com isso, Ricardo Rosset ficou livre da pressão e administrou a situação, se dando ao luxo de perder posições para Ricardo Baptista e Franco Giaffone.

No final, Lico Kaesemodel venceu a segunda bateria, com Pedro Queirolo em segundo e Miguel Paludo em terceiro. Rosset ficou na sétima posição, se tornando o primeiro tricampeão da categoria.

Com a décima posição, Daniel Schneider conquistou o título válido pela Cup Sport.

Já campeão pela Master, Maurizio Billi foi o melhor novamente.

Confira o resultado final da prova

1. Lico Kaesemodel, 16 voltas em 27min24s042

2. Pedro Queirolo, a 0s270

3. Miguel Paludo, a 1s288

4. Eduardo Azevedo, a 6s479

5. Ricardo Baptista, a 8s659

6. Franco Giaffone, a 8s855

7. Ricardo Rosset, a 13s140

8. Marcel Visconde, a 13s764

9. Sylvio de Barros, a 14s076

10. Daniel Schneider, a 14s566

11. Bruno Baptista, a 14s729

12. Gil Farah, a 18s037

13. Maurizio Billi, a 21s732

14. Clemente Lunardi, a 22s013

15. Marcio Basso, a 25s068

16. Elias Azevedo, a 25s214

17. Sérgio Ribas, a 30s730

18. Guilherme Figueirôa, a 33s545

19. Carlos Ambrósio, a 37s486

20. Rodolfo Ometto, a 37s778

21. Marcelo Stallone, a 26s815

22. Constantino Jr., a 5 voltas

 

Classificações finais

Posição Piloto Pontos
1 Ricardo Rosset 260
2 Miguel paludo  254
3 Constantino Junior 252
4 Ricardo Baptista 226
5 Lico Kaesemodel 193

Cup Sport

Posição Piloto Pontos
1 Daniel Schneider 120
2 Rodolfo Ometto 113
3 Marcel Visconde 102

Cup Master

Posição Piloto Pontos
1 Maurizio Billi 166
2 Sérgio Ribas 119
3 Guilherme Figuerôa 109

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Porsche
Evento Porsche GT3 Cup
Sub-evento Porshe GT3 Cup - Corrida
Pista Autódromo Internacional de Cascavel
Pilotos Ricardo Rosset
Tipo de artigo Relato da corrida