Após seletiva, brasileiro aguarda decisão da Porsche

compartilhar
comentários
Após seletiva, brasileiro aguarda decisão da Porsche
2 de nov de 2018 21:07

Bruno Baptista participou de seletiva que pode apontá-lo como representante oficial da fábrica alemã

O brasileiro Bruno Baptista, de 21 anos, está entre os nomes mais cotados na seletiva mundial que a Porsche realizou de terça a quinta-feira (29/10 a 1/11) na França. A iniciativa escolherá dois pilotos para integrar o programa de jovens talentos. Ele revelou que a disputa foi bastante parelha e apresentou um alto nível em todos os aspectos.

“Certamente, será difícil dizer quem vão ser os dois vencedores. Pra ser sincero, eu não gostaria de estar no lugar dos avaliadores da Porsche, os 12 pilotos que disputaram as vagas são muito profissionais, rápidos e focados”, resumiu Baptista. O resultado da seletiva será anunciado em meados de novembro pela matriz da fábrica.

O piloto da Hero Motorsport disse que a chuva constante nos dois dias de avaliação tornaram a competição “mais interessante”.

“Foi bem legal. Inclusive aprendi muito”, detalha. “Passamos quatro jogos de pneus de chuva nos dois dias de testes na pista – não parava de cair água! E esse tempero extra deixou a competição entre os 12 pilotos vindo de vários países bastante interessante. Todo mundo virava dentro do mesmo décimo. Embora não nos passassem os tempos dos demais, nós sabíamos o que os concorrentes faziam por que trocávamos informações. Todos queríamos saber como estávamos nos saindo”.

Sobre seu desempenho, Bruno ficou satisfeito: “Para ser sincero e analisando friamente, considero que fui bem. Houve momentos que fui o mais rápido que outros pilotos e vice-versa – e isso foi absolutamente normal. O importante é que consegui me impor. Mas acho que, para a decisão final, a Porsche não vai avaliar somente o desempenho ao volante. Eles vão considerar o pacote todo, ou seja, desde o comportamento social na pista, as reações pessoais a cada situação, o país de onde vem o piloto etc.”

“Hoje um bom piloto é um pacote de boas qualidades. A faixa etária também deve pesar, pois quanto mais jovem maior o horizonte para evoluir”, diz o piloto de 21 anos, mais jovem competidor da Stock Car.

 

Next article
Baptista se diz "preparado" para seletiva da Porsche na França

Previous article

Baptista se diz "preparado" para seletiva da Porsche na França

Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Porsche Supercup
Pilotos Bruno Baptista
Tipo de matéria Últimas notícias