Alceu Feldmann é julgado e punido com dois anos de suspensão

De acordo com comunicado emitido pela CBA, piloto levou o gancho por ter se negado a fazer o exame antidoping na etapa do Velopark.

Alceu Feldmann: gancho pesado

No julgamento realizado nesta terça-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva, Alceu Feldmann foi banido por dois anos de qualquer atividade esportiva nas pistas do Brasil.

De acordo com comunicado emitido pela Confederação Brasileira de Automobilismo, o piloto da Shell A. Mattheis levou o gancho por ter se negado a fazer o exame antidoping na etapa do Velopark.
 
Apesar de ter se justificado alegando usar uma medicação que faz parte da lista de produtos proibidos pela WADA, agência que regulamenta o uso de substâncias químicas, e que possuía uma autorização da CBA, Feldmann não conseguiu escapar do julgamento, mesmo após receber uma suspensão de 30 dias.
 
"O piloto Alceu Feldmann foi punido com dois anos de suspensão, a contar do julgamento, por decisão, unânime, da Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, realizado no dia de ontem, 3 de julho de 2012, em virtude de ter se negado a efetivar o exame antidoping durante a 3a etapa do Campeonato Brasileiro de Stock Car, realizada no final de semana do dia 04 a 06 de maio de 2012, no Autódromo Velopark, Rio Grande do Sul", afirmou o comunicado.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias