Barrichello atribui ao acaso estratégia vitoriosa

Tendo que trocar pneus perto do fim da corrida 1, campeão de 2014 colocou pneus slick, o que o ajudou na segunda bateria

Rubens Barrichello foi do inferno ao céu em poucos minutos na etapa de Buenos Aires da Stock Car neste domingo (1º). No final da primeira bateria, enquanto estava na sexta posição, ele se viu obrigado a parar nos pits por causa de um pneu furado. Já sem chuva e com a pista secando rapidamente, a equipe decidiu colocar pneus slick, apostando que a decisão lhe traria benefícios na segunda corrida.

E foi o que aconteceu. Graças à decisão, Barrichello fez apenas um splash-and-go, e viu seus principais concorrentes perderem mais tempo, tendo que trocar pneus. No final, o piloto fez nova visita ao pódio que conheceu em 1996, quando foi o terceiro colocado na prova da F1, na Jordan, desta vez, como vencedor e aos gritos de "Rubens, Rubens".

Após a prova, ele ainda relatou um problema no vidro da frente de seu carro.

“Foi uma grande corrida, o vidro do carro quebrou bem no meu campo de visão", disse Rubinho. "Estou muito feliz, é uma vitória para deixar a gente animado depois de uma etapa que não começou muito boa para a equipe." 

"O acaso nos levou a colocar o slick. O meu carro estava muito bom e no final foi só controlar o consumo de combustível.”

 

Rubens Barrichello comemora vitória em Buenos Aires
Rubens Barrichello comemora vitória em Buenos Aires

Photo by: Duda Bairros

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Evento Buenos Aires
Sub-evento Domingo
Pista Autodromo Juan y Oscar Galvez
Pilotos Rubens Barrichello
Tipo de artigo Últimas notícias