Barrichello tem pane seca e Maurício vence segunda prova

Campeão de 2014 fica a poucos metros da linha de chegada, após tentativa de terminar prova sem parada nos boxes

Sobrou emoção na segunda bateria da etapa de Curvelo da Stock Car. Na economia de combustível, Ricardo Maurício foi o grande vencedor, superando Rubens Barrichello nos metros finais, quando o recordista de provas da F1 teve pane seca, tentando utilizar a mesma tática do carro #90. Foi a primeira vitória de "Ricardinho" de 2016.

Tuka Rocha acabou na segunda posição e Daniel Serra completou o pódio. Ficando a poucos metros da bandeira quadriculada, Barrichello foi oficialmente o 22º, sem pontuar. A sorte do vice-líder do campeonato é que Felipe Fraga, que teve que reabastecer nas voltas finais, foi apenas o 16°, também ficando sem marcar.

Com os resultados, Fraga permanece na liderança, com 282 pontos. Barrichello tem 245 e Valdeno Brito é o terceiro no campeonato com 200. 

Na prova final de Interlagos, no dia 11 de dezembro, a pontuação será dobrada, distribuindo 60 tentos ao vencedor. O piloto de Tocantins garante o título com o 12º lugar.

A Corrida

Galid Osman, que largaria em segundo, ficou parado no grid no início da volta de apresentação e teve que abandonar antes mesmo da largada. Diego Nunes foi o pole, por ter finalizado a primeira bateria em décimo.

O início da prova foi limpo, com Nunes mantendo a ponta, seguido de Júlio Campos, Átila Abreu, Gabriel Casagrande e Rubens Barrichello, que fez ótima saída.

A direção de prova entendeu que Allam Khodair queimou a largada, o obrigando a passar pelo pit lane como punição.

Na quinta volta, Átila passou Campos pelo segundo posto, enquanto Nunes começava a se distanciar.

Na metade da prova, a tensão começava a pairar sobre pilotos e equipes, já que não se sabia se quem não parou conseguiria ir até o fim, sem precisar reabastecer.

Enquanto isso, vice-líder e líder do campeonato travavam duelo pela quarta posição, com Barrichello conseguindo segurar Fraga.

Brigando pela liderança, Átila breu e Diego Nunes foram para os boxes faltando sete minutos para o fim. Além deles, Fraga também teve que realizar sua parada.

Com isso, Rubinho assumiu a liderança, com Campos em segundo e Ricardo Maurício em terceiro.

Nas últimas curvas, Barrichello ficou sem combustível e Ricardo Maurício conquistou a vitória em Curvelo, com Tuka Rocha em segundo e Daniel Serra em terceiro.

A próxima etapa da Stock Car acontece em Interlagos, na decisão do título em prova única com pontuação dobrada.

Confira o resultado final

Pos. No. Piloto
1 90 Ricardo Mauricio
2 25 Tuka Rocha
3 29 Daniel Serra
4 77 Valdeno Brito
5 5 Denis Navarro
6 46 Vitor Genz
7 65 Max Wilson
8 4 Julio Campos
9 63 Nestor Girolami
10 80 Marcos Gomes
11 3 Bia Figueiredo
12 26 Raphael Abbate
13 51 Átila Abreu
14 70 Diego Nunes
15 21 Thiago Camilo
16 88 Felipe Fraga
17 83 Gabriel Casagrande
18 9 Guga Lima
19 117 Guilherme Salas
20 8 Rafael Suzuki
21 73 Sergio Jimenez
22 111 Rubens Barrichello
23 18 Allam Khodair
24 0 Cacá Bueno
25 99 Xandynho Negrão
26 12 Lucas Foresti
27 28 Galid Osman
28 110 Felipe Lapenna
29 10 Ricardo Zonta

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Evento Curvelo
Pista Circuito dos Cristais - Curvelo
Pilotos Ricardo Maurício
Tipo de artigo Relato da corrida