Barrichello vence corrida 1 em Londrina após azar de Fraga

compartilhar
comentários
Barrichello vence corrida 1 em Londrina após azar de Fraga
21 de out de 2018 15:49

Piloto da Full Time vê problemas no pit de rival da Cimed Racing e conquista sua segunda vitória na temporada

Rubens Barrichello conseguiu sua segunda vitória na temporada de 2018 da Stock Car neste domingo (21), na corrida 1 da etapa de Londrina. O piloto da equipe Full Time acabou tendo sorte com um Safety Car logo antes da janela de pit stop depois de ter perdido o segundo lugar no grid na largada para Marcos Gomes.

Cacá Bueno parou na pista com problemas de câmbio, e isso acabou com a prova da Cimed Racing. Além de ter perdido o carioca na corrida, o time – que fazia primeiro e segundo com Felipe Fraga e Gomes - foi aos boxes logo na volta após a relargada.

Tanto Fraga quanto Gomes tiveram trabalhos ruins nos boxes - sobretudo Fraga, que teve o pneu traseiro mal colocado inicialmente. Com isso, Barrichello, que escolheu parar uma volta depois, retornou em segundo, logo atrás do então líder da prova Julio Campos (que parou antes, com os pilotos da Cimed) – que usou o push to pass para assegurar o primeiro posto no retorno. No entanto, na volta seguinte Rubinho usou o push e despachou Campos para conquistar a vitória.

Ricardo Zonta também conseguiu superar Campos, e finalizaria em segundo, logo à frente do piloto da Prati-Donaduzzi se não tivesse saído da pista na última volta. O piloto do carro 10 errou no fim da reta dos boxes devido a um problema elétrico e Campos reassumiu o segundo posto.

Depois de cair de quarto para sexto na largada, Daniel Serra se deu bem com os problemas da Cimed e ficou com o quarto lugar ao fim da corrida. Ele resistiu bem a pressão de Marcos Gomes no fim da prova. O campeão de 2015 acabou inclusive saindo da pista, e foi de quinto para oitavo. Max Wilson ficou em quinto, com Átila Abreu em sexto e Thiago Camilo em sétimo.

Pole e líder da primeira metade da corrida, Felipe Fraga teve de se contentar com a pole invertida para a corrida 2, após ser o décimo.

A corrida

Logo na largada, Felipe Fraga manteve a posição, enquanto Barrichello perdeu o segundo lugar para Marcos Gomes, que largava por dentro, em terceiro. Julio Campos e Ricardo Zonta passaram por Daniel Serra, jogando o piloto da Eurofarma RC para sexto.

Lucas Foresti foi o primeiro a abandonar a prova, com problemas de suspensão. Duas voltas depois, outra ocorrência: Van der Linde saiu da pista e bateu nos pneus. Ele ainda assim conseguiu voltar para os pits.

Serra conseguiu superar Zonta e foi para o quinto posto. Entretanto, sem conseguir passar Campos, o piloto foi ultrapassado novamente por Zonta, mas revidou na volta seguinte utilizando o push to pass.

Na metade da prova, Cacá Bueno, nono colocado, parou na pista com problemas de câmbio (o piloto reclamava desde o início da prova que marchas passavam sozinhas). O carioca retornou à prova depois de religar o carro, mas não evitou a entrada do Safety Car.

No retorno da prova, a maior parte dos pilotos foi ao box na primeira volta, incluindo a dupla da Cimed e Daniel Serra. Na saída, quem se deu mal foi Fraga, que retornou atrás de vários carros. Quems e deu bem foi Barrichello, que entrou uma volta depois e saiu atrás de Julio Campos. Utilizando o push to pass uma volta depois, ele superou o curitibano e foi para primeiro.

Após as paradas, o top-10 era Barrichello, Campos, Zonta, Serra, Gomes, Átila, Max Wilson, Camilo, Nunes e Fraga.

Na disputa paranaense, Zonta superou campos e ficou com o segundo posto. No fim, Gomes tentou passar Serra mas saiu da pista, caindo para sétimo.

Zonta foi superado por Campos após errar na última volta.

Confira o resultado da corrida 1:

Pos. No. Piloto Equipe Dif.
1 111 Rubens Barrichello Full Time Sports -
2 4 Julio Campos Prati-Donaduzzi Racing 2.638
3 10 Ricardo Zonta Shell V-Power 3.094
4 29 Daniel Serra Eurofarma RC 3.469
5 65 Max Wilson Eurofarma RC 5.231
6 51 Átila Abreu Shell V-Power 5.786
7 21 Thiago Camilo Ipiranga Racing 7.220
8 80 Marcos Gomes Cimed Chevrolet Racing Team 7.290
9 70 Diego Nunes Full Time Bassani 7.728
10 88 Felipe Fraga Cimed Chevrolet Racing 9.455
11 5 Denis Navarro Cavaleiro Sports 10.257
12 30 Cesar Ramos Blau Motorsport 11.091
13 1 Antonio Pizzonia Prati-Donaduzzi Racing 12.419
14 9 Guga Lima Vogel Motorsport 22.871
15 44 Bruno Baptista Hero Motorsport 44.160
16 3 Bia Figueiredo Ipiranga Racing 1 vt.
17 33 Nelson Piquet Jr Full Time Bassani 1 vt.
18 77 Valdeno Brito Eisenbahn Racing Team 1 vt.
19 46 Vitor Genz Eisenbahn Racing Team 2 vt.
20 344 Esteban Guerrieri Hero Motorsport 8 vt.
21 0 Cacá Bueno Cimed Chevrolet Racing 8 vt.
22 110 Felipe Lapenna Cavaleiro Contuflex 14 vt.
23 90 Ricardo Maurício Full Time Sports 14 vt.
24 12 Lucas Foresti Cimed Chevrolet Racing Team 17 vt.
25 83 Gabriel Casagrande Vogel Motorsport 18 vt.
26 24 Kelvin Van Der Linde Blau Motorsport 23 vt.
*27 8 Rafael Suzuki Bardahl Hot Car 20.045
*28 20 Ricardo Sperafico Bardahl Hot Car 55.074
*29 28 Galid Osman Cavaleiro Sports 7 vt.

* Excluídos por pararem fora da janela de pit

Next article
Fraga voa e arranca pole de Barrichello em Londrina

Previous article

Fraga voa e arranca pole de Barrichello em Londrina

Next article

Átila passa Fraga nos pits e leva corrida 2 em Londrina

Átila passa Fraga nos pits e leva corrida 2 em Londrina
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Stock Car Brasil
Evento Londrina
Tipo de matéria Relato da corrida