Bom no “portunhol”, Girolami quer ser campeão na Stock Car

Vencedor da Super TC 2000 em 2014, novo piloto da equipe de Carlos Alves pretende se estabelecer na Stock Car

A vitória na corrida de duplas deste ano ao lado de Ricardo Maurício (foto) foi o chamariz. Foi aí que Nestor Girolami acordou para a Stock Car e viu a possibilidade de se tornar bem-sucedido fora de seu país natal, a Argentina.

Campeão de Super TC 2000 - reconhecida categoria argentina - em 2014, o piloto correrá pela equipe Schin, de Carlos Alves, no próximo ano ao lado do gaúcho Vitor Genz. Em entrevista exclusiva ao MOTORSPORT.COM, Nestor aceita e quer aproveitar o máximo do desafio de tentar vencer corridas no Brasil.

“É um desafio muito grande vir pra o Brasil”, falou o piloto de 24 anos de Córdoba, que ainda brincou: “estou tentando falar o mais claro possível em portunhol.”

“Tenho que agradecer muito ao Carlos Alves e sua equipe por me receberem. Estou tentando fazer o melhor trabalho neste final de semana. Para mim é um treino, não estou disputando nada e estamos nos adaptando ao carro e à pista – que eu não conhecia. Tenho que ter a cabeça fria para disputar a corrida com tranquilidade.”

Comparando estruturas e estilos de pilotagem, Girolami conclui que o foco na Stock Car irá ajudá-lo a melhorar como piloto.

“A pilotagem é muito diferente, porque na Super TC 2000 é tração dianteira e a Stock Car é tração traseira.”

“Foi uma decisão muito difícil mas também representa um desafio muito grande para mim. Fiquei encantado na primeira corrida com Ricardo Maurício. A equipe me tratou muito bem. Depois o Carlão falou comigo que queria trazer um piloto argentino. A verdade é que para mim vai ser um desafio muito grande. Quero competir em um grande nível aqui e adquirir experiência corrida a corrida para chegar ao topo.”

“Penso que preciso ter um tempo de adaptação às pistas e à equipe. Mas, acho que com a cabeça fria e perseverança vamos conseguir bons resultados.”

“Acho que o automobilismo pode melhorar muito se pilotos argentinos e brasileiros se juntarem. Tudo vai para cima, tudo melhora. Isso é importante.”

O piloto só tem um foco: o título da categoria. “Estou aqui para trabalhar forte e dar meu 100%. Quero me instalar aqui no Brasil para brigar com os melhores pilotos”, conta.

“Venho disposto a fazer as coisas bem. Quero me adaptar no primeiro ano, entendendo a categoria e aprendendo as pistas, para no segundo brigar pelo campeonato.”

“Agora estou focado na Stock Car. Este é o meu objetivo: ser competitivo aqui no Brasil.” 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Evento Interlagos
Pista Autódromo José Carlos Pace
Pilotos Nestor Girolami
Tipo de artigo Últimas notícias