Coluna do Átila: Bem-vindo de volta, campeão

Átila Abreu estreia coluna no Motorsport.com e de cara traz uma grande novidade

Fala galera,

É um prazer e uma honra estrear como colunista do Motorsport.com e mais ainda com uma notícia legal para anunciar.

Neste ano, novamente terei a parceria do Nelsinho Piquet como piloto convidado para a prova de duplas da Stock Car.

Conheci o Nelsinho no século passado, há mais de 20 anos nas corridas de kart. Desde então nossos caminhos se cruzaram em pistas europeias, brasileiras e americanas.

Primeiro ele estava na GP2 e eu na F3 e F-BMW na Alemanha. Depois andamos juntos de 4x4 em alguns eventos de rallycross e inclusive disputamos a final dos XGames em 2014.

Também em 2014 ele foi meu convidado para a primeira corrida de duplas e deixou ótima impressão pela forma como se adaptou rapidamente às manhas do Stock Car em Interlagos, tanto na pista seca como no piso molhado.

Ano passado em Goiânia classificamos o Chevrolet #51 na pole e éramos candidatos à vitória até o equipamento nos deixar na mão. Lutamos até o fim, mas um princípio de incêndio numa das rodas obrigou o Nelsinho a recolher o carro pro box depois que ele assumiu na troca de pilotos.

Neste ano já estamos na “pole”, como os primeiros a anunciar a dupla para a corrida de Curitiba no dia 6 de março. Nos encontramos nas férias em Miami, fomos a um jogo da NBA e em questão de 10 minutos estava fechado o negócio para reeditar a parceria: entre amigos é assim, não precisa de barganha e menos ainda de uma negociação demorada.

Não são poucas as novidades para 2016. Além de uma pista inédita para a prova de duplas, estamos de casa nova, agora correndo pela Shell Racing. Será minha estreia no novo time e isso é uma motivação enorme.

Também será a primeira participação dele na condição de campeão mundial da Fórmula E, título conquistado de forma “eletrizante” (com o perdão do trocadilho) em junho do ano passado e que marcou o fim de um jejum de 25 anos  de campeonatos mundiais para o Brasil em carros de fórmula.

Ou seja, depois de 37 anos e 435 corridas na história da Stock Car –a última delas vencida por mim no encerramento do campeonato do ano passado–, a prova de Curitiba marcará a primeira vez que um campeão do mundo compete na maior categoria do Brasil na condição de campeão mundial em exercício.

Fico muito contente que seja a bordo do carro #51.

Então, seja bem-vindo de volta, campeão.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Pilotos Nelson Piquet Jr. , Atila Abreu
Tipo de artigo Blog