De ponta a ponta, Átila vence corrida 2 de Goiânia

Beneficiado pela inversão do grid de largada, piloto de Sorocaba conquistou sua segunda vitória do ano

Décimo colocado na primeira corrida do dia em Goiânia, Átila Abreu largou da pole, graças à inversão das dez primeiras posições da corrida 1 para o grid da segunda prova e venceu de ponta a ponta a segunda corrida da 11ª e penúltima etapa da temporada 2017 da Stock Car.

A segunda posição ficou com o campeão da temporada 2010 da Stock Car, Max Wilson, seguido por Cacá Bueno, pentacampeão da categoria, em terceiro.

Líder do campeonato e vencedor da primeira corrida do dia, Daniel Serra cruzou a linha de chegada na nona posição.

A Corrida

Com o grid invertido, o décimo colocado da primeira corrida do dia, Átila Abreu largou na pole position da corrida 2, dividiu a primeira fila com Rubens Barrichello e levou a melhor na largada e manteve a primeira posição.

Mais atrás, Antonio Felix da Costa, que na primeira corrida ficou em terceiro e largou em sétimo na corrida 2, se envolveu em um incidente com Denis Navarro, foi para a grama e abandonou a prova ainda na primeira volta.

Enquanto isso, o líder do campeonato e vencedor da primeira corrida do dia, Daniel Serra, conseguia se manter na mesma décima posição da largada da corrida 2.

Com dez voltas completadas, Átila Abreu aproveitava a briga entre Rubens Barrichello, Thiago Camilo e Max Wilson para abrir na frente e abrir boa vantagem.

Mais atrás, Ricardo Zonta e Sergio Jimenez se tocaram, rodaram e levaram de carona Bia Figueiredo, que precisou frear forte para não bater no carro de Zonta.

Após todas as paradas para reabastecimento e troca de pneus, Átila Abreu, que se segurou o máximo que pôde na pista, foi um dos últimos a entrar nos boxes e voltou à liderança, trazendo junto Thiago Camilo.

Em uma tentativa de defender sua posição, Camilo jogou o carro na frente de Max Wilson, que colocou duas rodas na grama e conseguiu ultrapassar o vice-líder da Stock Car. A manobra rendeu uma advertência por atitude antidesportiva a Camilo.

Nas voltas finais, Max Wilson, que estava com um carro mais equilibrado, tentou atacar Átila na tentativa de tomar a liderança, mas o piloto do carro # 51 ainda tinha um botão de ultrapassagem, conseguiu se defender para garantir sua segunda vitória no ano.

Resultado:

Pos. Num. Piloto Equipe
1 51 Átila Abreu Shell Racing
2 65 Max Wilson RCM Motorsport
3 0 Cacá Bueno Cimed Racing
4 21 Thiago Camilo Ipiranga Racing
5 70 Diego Nunes Hero Motorsport
6 83 Gabriel Casagrande Vogel Motorsport
7 12 Lucas Foresti Full Time Academy
8 46 Vitor Genz Eisenbahn Racing Team
9 29 Daniel Serra Eurofarma RC
10 110 Felipe Lapenna Cavaleiro Sports
11 1 Antonio Pizzonia Prati-Donaduzzi Racing
12 18 Allam Khodair Full Time Sports
13 111 Rubens Barrichello Full Time Sports
14 30 Cesar Ramos Blau Motorsport
15 8 Rafael Suzuki Cavaleiro Sports
16 80 Marcos Gomes Cimed Racing
17 3 Bia Figueiredo Full Time Academy
18 555 Renato Braga  
19 10 Ricardo Zonta Shell Racing
20 73 Sergio Jimenez Bardahl Hot Car
21 188 Beto Monteiro  
22 117 Guilherme Salas Vogel Motorsport
23 90 Ricardo Mauricio Eurofarma RC
24 28 Galid Osman Ipiranga Racing
25 4 Julio Campos Prati-Donaduzzi Racing
26 5 Denis Navarro Cimed Racing Team
27 40 Felipe Fraga Cimed Racing Team
28 77 Valdeno Brito Eisenbahn Racing Team
29 9 Guga Lima Bardahl Hot Car
30 444 Antonio Felix da Costa Hero Motorsport
31 31 Marcio Campos Blau Motorsport
32 25 Tuka Rocha RCM Motorsport
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Evento Goiânia II
Pista Autódromo Internacional Ayrton Senna
Tipo de artigo Últimas notícias