De ponta a ponta, Camilo vence corrida 1 em Londrina

Piloto paulista largou da pole position e sem ser ameaçado conquistou sua terceira vitória na pista

A corrida 1 da etapa de Londrina, disputada sob forte calor neste domingo no Autódromo Internacional Ayrton Senna, foi vencida por Thiago Camilo. O piloto da Ipiranga Racing largou da pole position e, sem ser ameaçado em nenhum momento, conquistou sua terceira vitória na pista.

A segunda posição ficou com Daniel Serra, atual líder do campeonato, que largou em terceiro no grid de largada. Rubens Barrichello, vencedor da etapa de Londrina de 2016, largou em quarto e completou o pódio.

A corrida

Logo na largada, o pole position Thiago Camilo arrancou na frente e segurou a segunda posição, enquanto Felipe Fraga, terceiro do grid, atacou e tomou a segunda posição de Daniel Serra, atual líder do campeonato.

Mais atrás, Cacá Bueno, 11º do grid, largou forte e depois de uma bela disputa com Max Wilson subiu para a oitava posição já na primeira volta. O que se viu a partir daí, foi uma intensa troca por posições entre Cacá e Max, que usavam o botão de ultrapassagem para atacarem.

Enquanto isso, Guga Lima e Tuka Rocha abandonaram a corrida após problemas causados por toques ainda na largada.

Na décima volta, Átila Abreu, então 16º colocado acionou o push to pass e ultrapassou ao mesmo Márcio Campos e Cesar Ramos ao mesmo tempo e saltou para 14º. Na frente, Thiago Camilo seguia forte na ponta e já abria vantagem de quase três segundos sobre Felipe Fraga, que sofria forte pressão de Daniel Serra.

Na 14ª volta foi aberta a janela para o reabastecimento obrigatório e os primeiros a entrarem foram Fraga e Serra. Uma volta depois foi a vez de Camilo. Com os boxes fechados, Camilo reassumiu a liderança, seguido por Fraga, cinco segundos atrás, Serra em terceiro e Rubens Barrichello, um dos últimos a reabastecer, em quarto.

O que se viu a partir daí foi uma perseguição a Camilo. O primeiro a partir para o ataque foi Daniel Serra, que superou Felipe Fraga, assumiu a segunda posição e começou a diminuir a vantagem do líder. A partir daí, Barrichello e Fraga começaram uma intensa briga pela terceira posição, vencida por Rubinho.

Sem ser ameaçado, Thiago Camilo seguiu tranquilo para conquistar sua segunda vitória na temporada e terceira na pista de Londrina.

Confira o resultado:

Pos. Num. Piloto Equipe
1 21 Thiago Camilo Ipiranga Racing
2 29 Daniel Serra Eurofarma RC
3 111 Rubens Barrichello Full Time Sports
4 40 Felipe Fraga Cimed Racing Team
5 77 Valdeno Brito Eisenbahn Racing Team
6 80 Marcos Gomes Cimed Racing
7 0 Cacá Bueno Cimed Racing
8 51 Átila Abreu Shell Racing
9 83 Gabriel Casagrande Vogel Motorsport
10 1 Antonio Pizzonia Prati-Donaduzzi Racing
11 70 Diego Nunes Hero Motorsport
12 65 Max Wilson RCM Motorsport
13 90 Ricardo Mauricio Eurofarma RC
14 73 Sergio Jimenez Bardahl Hot Car
15 8 Rafael Suzuki Cavaleiro Sports
16 10 Ricardo Zonta Shell Racing
17 31 Marcio Campos Blau Motorsport
18 30 Cesar Ramos Blau Motorsport
19 44 Betinho Valério Hero Motorsport
20 18 Allam Khodair Full Time Sports
21 28 Galid Osman Ipiranga Racing
22 46 Vitor Genz Eisenbahn Racing Team
23 117 Guilherme Salas Vogel Motorsport
24 5 Denis Navarro Cimed Racing Team
25 110 Felipe Lapenna Cavaleiro Sports
26 4 Julio Campos Prati-Donaduzzi Racing
27 12 Lucas Foresti Full Time Academy
28 3 Bia Figueiredo Full Time Academy
29 25 Tuka Rocha RCM Motorsport
30 9 Guga Lima Bardahl Hot Car
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Evento Londrina
Pista Autódromo Internacional Ayrton Senna
Pilotos Thiago Camilo
Tipo de artigo Últimas notícias