De ponta a ponta, Khodair vence na despedida de Jacarepaguá

Thiago Camilo foi o segundo e Ricardo Maurício o terceiro; em recuperação fantástica, Cacá ganha 22 posições para virar líder

A etapa de despedida de Jacarepaguá na Stock foi agitada na luta por todas as posições, menos uma: a primeira. Allam Khodair, de ponta a ponta, levou a melhor, conquistando sua primeira vitória no ano, a quinta na carreira.

Khodair se manteve em primeiro na largada. Ricardo Maurício, que partiu em quinto, pulou para segundo, seguido pelo companheiro Max Wilson. Na terceira volta as dez primeiras posições tinham Khodair, Ricardinho,  Max, Marcos Gomes, Pizzonia, Denis Navarro, Thiago Camilo, Átila Abreu, Nonô Figueiredo e Duda Pamplona.

Enquanto isso, Cacá Bueno, Daniel Serra e Valdeno Brito tentavam se recuperar, após largar do fundo do grid ao serem punidos por irregularidades no freio. Nas primeiras posições a disputa era equilibrada, com poucas variações. Até o 13º giro, quem mais crescia era Camilo, depois de passar Navarro e Marcos Gomes, que havia sido deixado para trás por Pizzonia também.

Átila Abreu e Luciano Burti abandonaram na volta 16. Neste momento Cacá Bueno já era o 14º, Valdeno o 16º e Serrinha o 18º. Na volta 20 uma briga pela oitava posição agitou a corrida. Marcos Gomes, o oitavo, segurava Duda Pamplona e Pedro Boesel. Pamplona conseguiu a manobra, mas Boesel continuou preso. Em função disso, um bloco de pilotos chegou para a disputa: Julio Campos, Galid Osman, Popó Bueno, Cacá Bueno e Valdeno Brito.

Na frente, Thiago Camilo deixou Max Wilson para trás assumindo a terceira posição. Com voltas rápidas, Camilo encostou em Ricardo Maurício, em disputa que poderia interferir na liderança do campeonato, já que Ricardinho estava em primeiro naquele momento, com um ponto a mais que Cacá. Thiago efetuou a manobra, pulando para segundo. Pizzonia, na penúltima volta, atacou Max Wilson e ganhou a posição.

Allam Khodair cruzou a linha de chegada em primeiro com tranquilidade. Thiago Camilo completou em segundo e Ricardo Maurício foi o terceiro. Cacá Bueno, que largou em 30º, completou em oitavo para assumir a liderança do campeonato. O carioca soma 99 pontos, contra 95 do companheiro Daniel Serra, 93 de Ricardo Mauricio, 72 de Valdeno e Thiago Camilo.

Allam Khodair, o primeiro: "A palavra perfeito define o meu fim de semana. Estou muito feliz por um lado, mas triste pelo outro, já que perderemos um autódromo como esse, onde todos os patrocinadores gostam, os pilotos, mas por outro lado estou muito feliz, depois de um ano muito conturbado, estou muito feliz e tirei aquela zica. Estou feliz pelo meu chefe de equipe, Mauro Vogel, que é daqui, e, em dois anos de parceira, ainda não tinha vencido."

Thiago Camilo, o segundo: "Com essa segunda posição, voltei para a briga do campeonato com 72 pontos. Mas e lógico, ainda está longe, pois essa pontuação acaba prejudicando um pouco os bons resultados. Enfim, estou muito contente, mas corremos em luto hoje. É uma pena a história que tem esse autódromo ser demolido. O Rio de Janeiro não merece ficar sem autódromo."

Ricardo Maurício, o terceiro: "Tentamos uma evolução do carro no começo dos treinos e acabamos indo por um caminho errado. Fiz uma boa largada, e o ritmo da corrida era razoável. Tínhamos o push em quase todas as voltas, acho que foi um certo exagero. Estava acompanhando o Allam no inicio, mas dei uma forçada no meio da prova e meu carro detonou um pouco o pneu, e no final foi bem difícil de segurar. Terceiro é bom, mas ainda falta uma vitória."

Cacá Bueno, o líder: "Ricardinho Maurício tirou bastante diferença, e esse não era o intuito. Para o Daniel, a diferença ficou onde eu queria. Agora líder do campeonato, vamos tentar festejar um pouquinho, mas triste, pois não merecíamos isso - e o campeonato não precisa disso não."

Pos. No. Piloto Equipe Marca Diferença
1
18 Allam Khodair Vogel Motorsport Chevrolet -
2 21 Thiago Camilo RCM Motorsport Chevrolet 9s931
3 90 Ricardo Maurício Eurofarma RC Chevrolet 14s130
4 1 Antonio Pizzonia Comprafacil Nascar JF Peugeot 16s238
5 65 Max Wilson Eurofarma RC Chevrolet 17s700
6 11 Nonô Figueiredo Mobil Super Pioneer Racing Chevrolet 26s027
7 5 Dennis Navarro Vogel Motorsport Chevrolet 33s304
8 0 Cacá Bueno Red Bull Racing Chevrolet 34s043
9 23 Duda Pamplona Officer ProGP Chevrolet 34s684
10 88 Pedro Boesel Comprafacil Nascar JF Peugeot 35s845
11 4 Julio Campos Carlos Alves Comp. Peugeot 36s829
12 74 Popó Bueno Linea Sucralose Chevrolet 37s244
13 29 Daniel Serra Red Bull Racing Chevrolet 37s923
14 77 Valdeno Brito Shell Racing Peugeot 39s240
15 28 Galid Osman BMC Racing Chevrolet 43s210
16 63 Lico Kaesemodel RCM Motorsport Chevrolet 43s805
17 20 Ricardo Sperafico Prati-Donaduzzi Racing Peugeot 44s075
18 6 Vitor Meira Officer ProGP Chevrolet 46s591
19 35 David Muffato Itaipava Racing Team Peugeot 50s815
20 37 Eduardo Leite Hot Car Competições Chevrolet 55s388
21 80 Marcos Gomes Medley Fulltime Peugeot 56s222
22 99 Xandy Negrão Medley Fulltime Peugeot 1min01s385
23 25 Tuka Rocha BMC Racing Chevrolet 1min03s687
24 10 Ricardo Zonta Linea Sucralose Chevrolet 1min19s918
25 7 Alceu Feldmann Shell Racing Peugeot 1 Volta
26 8 Patrick Gonçalvez Carlos Alves Comp. Peugeot 1 Volta
27 57 Claudio Capparelli Bassani Racing Peugeot 2 Voltas
28 14 Luciano Burti Itaipava Racing Team Peugeot 13 Voltas
29 51 Átila Abreu Mobil Super Pioneer Racing Chevrolet 16 Voltas
30 19 Rodrigo Sperafico Prati-Donaduzzi Racing Peugeot 21 Voltas
31 16 Diego Nunes Hot Car Competições Chevrolet 23 Voltas
32 3 Rafael Daniel Bassani Racing Peugeot 29 Voltas


O campeonato:

1  - Cacá Bueno  - 99
2  - Daniel Serra  - 95
3  - Ricardo Maurício  - 93
4  - Thiago Camilo e Valdeno Brito  - 72
6  - Nonô Figueiredo  - 69
7  - Julio Campos e Max Wilson  - 67
9  - Átila Abreu  - 60
10  - Marcos Gomes  - 56
11  - Luciano Burti  - 54
12  - Denis Navarro  - 51
13  - Allam Khodair e Antonio Pizzonia  - 42
15  - Lico Kaesemodel  - 41
16  - David Muffato e Diego Nunes  - 34
18  - Galid Osman  - 33
19  - Ricardo Zonta  - 26
20  - Rodrigo Sperafico  - 22
21  - Xandinho Negrão e Ricardo Sperafico  - 20
23  - Duda Pamplona e Pedro Boesel  - 18
25  - Popó Bueno e Vitor Meira  - 16
27  - Eduardo Leite  - 10
28  - Alceu Feldmann e felipe Maluhy  - 9
30  - Giuliano Losacco  - 7
31  - Tuka Rocha  - 5

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias