Di Grassi atrasa pitstop e vence corrida 2 em Curitiba

Atual campeão da Fórmula E garantiu a vitória após parada obrigatória para troca de pneus e reabastecimento

Assim como aconteceu na primeira corrida do dia em Curitiba, o vencedor da prova saiu após as paradas obrigatórias nos boxes e, mais uma vez a vitória foi decidida a partir da escolha do momento certo de parar. Lucas Di Grassi, que resolveu atrasar sua entrada, acabou como vencedor.

A segunda posição ficou com o pentacampeão Cacá Bueno, que largou em quinto, escapou das confusões na pista e com boa estratégia da equipe Cimedo conseguiu garantir um lugar no pódio, logo à frente de Gabriel Casagrande, o terceiro.

Rubens Barrichello, que na corrida 1 largou na pole, mas perdeu muitas posições ainda no começo da corrida e cruzou a linha de chegada na 13ª posição, conseguiu se recuperar e ficou em quarto, com Antonio Pizzonia completando o top 5.

A corrida

Com grid invertido para as dez primeiras posições, Rafael Suzuki foi para a pole position na corrida 2, mas perdeu a liderança para Cesar Ramos, que atrasou a freada na curva 1 e assumiu a ponta. Mas sua alegria durou pouco, pois logo depois acabou superado por Marcos Gomes e caiu para segundo. Quinto do grid, Lucas Di Grassi aproveitou a confusão para assumir a terceira posição.

Mais atrás, Bruno Baptista tentou partir para tentar tomar a sétima posição de Denis Navarro, mas rodou e caiu para a última posição. Enquanto isso, Ricardo Maurício enfrentava problemas em seu carro e abandonava a prova.

Na quinta volta, Cesra Ramos acionou o botão de ultrapassagem para tomar a ponta de Marcos Gomes, trazendo junto Lucas Di Grassi e Gabriel Casagrande. Na tentativa de segurar a posição, Gomes atrasou demais a freada, escapou para a grama e abandonou a prova.

Pouco depois, Felipe Fraga, vencedor da primeira corrida do dia, passou reto na curva 1, teve a suspensão de seu carro quebrada, o que bastaria para tirá-lo da corrida, mas um princípio de incêndio o obrigou a parar na pista, o que acionou o safety car.

Pouco depois, Lucas Foresti, que não completou a corrida 1, foi excluído da prova por atitude antidesportiva após bater no carro de Guga Lima, que acabou batendo em Bia Figueiredo e causou o abandono da piloto da Ipiranga Racing.

Na relargada, autorizada na 11ª volta, Cesar Ramos conseguiu segurar a pressão de Di Grassi e seguiu na liderança. Depois da investida sobre Ramos, Di Grassi começou a ser pressionado por Casagrande.

Com box aberto para os pitstops obrigatórios, Cesar Ramos é o primeiro a parar, mas sua equipe se atrapalha e o piloto acaba perdendo muitas posições. Optando por uma estratégia de atrasar sua parada, Lucas Di Grassi conseguiu neutralizar a vantagem de Ramos e voltou para a pista na frente.

Pouco depois, com problema de superaquecimento do motor, Ramos acabou abandonando a prova. Como Ramos parou seu carro em um ponto perigoso da pista, o carro de segurança foi mais uma vez acionado.

Logo após a relargada, os pilotos que ainda não tinham feito seus pitstops, precisaram entrar nos boxes, menos Diego Nunes, que herdou a ponta. Mas a alegria do piloto do carro #70 durou pouco, pois pouco depois ele foi obrigado a parar, devolvendo a liderança a Lucas Di Grassi, que segurou a ponta para conquistar sua primeira vitória na Stock Car.

Resultado da corrida

Pos Piloto Equipe
1 Lucas Di Grassi Hero Motorsports
2 Cacá Bueno Cimed Racing
3 Gabriel Casagrande Vogel Motorsport
4 Rubens Barrichello Full Time Sports
5 Antonio Pizzonia Prati-Donaduzzi Racing
6 Rafael Suzuki Bardhal Hot Car
7 Vitor Genz Elsenbahn Racing
8 Ricardo Zonta Shell V-Power
9 Thiago Camilo Ipiranga Racing
10 Daniel Serra Eurofarma RC
11 Tuka Rocha Vogel Motorsport
12 Felipe Lapenna Cavalero Contuflex
13 Fabio Carbone Scuderia Colón
14 Bruno Baptista Hero Motorsports
15 Denis Navarro Cavalero Sports
16 Diego Nunes Texaco Racing
17 Max Wilson Eurofarma RC
18 Nelson Piquet Jr Texaco Racing
19 Galid Osman Cavalero Sports
20 Allam Khodair Blau Motorsport
21 Cesar Ramos Blau Motorsport
22 Guga Lima Squadra G Force
23 Felipe Fraga Cimed Racing
24 Marcos Gomes Cimed Racing
25 Bia Figueiredo Ipiranga Racing
26 Fernando Croce Scuderia Colón
27 Julio Campos Prati-Donaduzzi Racing
28 Ricardo Maurício Full Time Sports
29 Valdeno Brito Elsenbahn Racing
30 Guilherme Sallas Bardhal Hot Car
31 Átila Abreu Shell V-Power
32 Sergio Jimenez Squadra G Force
33 Lucas Foresti Cimed Racing
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Evento Curitiba
Tipo de artigo Últimas notícias