"Dificuldade será não passar do limite", dizem colegas sobre Rubinho

compartilhar
comentários
25 de set de 2012 14:38

Luciano Burti, Ricardo Zonta, Tarso Marques e Vitor Meira falam dos maiores obstáculos da transição entre o monoposto e a Stock

Após 23 anos correndo em fórmula, Rubens Barrichello acertou com a equipe Medley FullTime da Stock Car e competirá profissionalmente pela primeira vez com um carro de turismo. O brasileiro fará a Corrida do Milhão, dia 9 de dezembro e ainda pode correr mais duas etapas, em Curitiba e Brasília.

Outros pilotos brasileiros que também fizeram essa transição dos monopostos para a Stock Car conversaram com o TotalRace sobre as dificuldades que Rubinho pode ter para se adaptar à categoria. Para Tarso Marques e Vitor Meira, o principal obstáculo que Barrichello terá pela frente será andar dentro do limite do carro. “É um carro mais lento, então é mais fácil errar por excesso de confiança, passar do limite. A gente passa anos nos monopostos aprendendo a forçar o máximo para chegar no limite do carro e no turismo é o contrário. Temos de ter o cuidado de não exagerar”, explicou o paranaense Marques, que participou de 24 GPs na F-1, venceu duas corridas pela Stock Car, mas hoje não participa mais da categoria.

Vitor Meira que. assim como Barrichello, veio da Indy para a Stock, concorda com o ex-piloto da Minardi. “Eu tive esta experiência de sair da Indy para a Stock Car recentemente e as principais diferenças são o tamanho e os limites do carro que você têm que respeitar. É bem mais fácil passar do limite na Stock. Tudo o que a gente aprendeu em fórmula é o ataque e os carros da Stock não aceitam tanto ataque. Isso é o que mais penso durante o fim de semana: ter paciência e não tentar forçar”, comentou o brasiliense.

No entanto, tanto Meira quanto Tarso Marques acreditam que Rubinho tem condições de conseguir um bom resultado logo na estreia. “Piloto de alto nível como o Barrichello senta em qualquer carro e pode andar bem. Ele é novo, não está em idade de parar de correr. Eu lembro que quando andei pela primeira vez em um carro da Stock, fui o mais rápido nos testes coletivos”, conta Tarso. “Com o talento que ele tem, eu não duvido de nada”, concorda Vitor Meira. “Olharei para ele do mesmo jeito que eu olho os outros pilotos da Stock. O Rubens pode chegar em qualquer categoria hoje no mundo e as pessoas têm que encarar como um adversário, no mínimo, à altura. E é desse jeito que eu vou olhar”, completou o piloto da Officer ProGP

Luciano Burti, que esteve ao lado de Barrichello na Ferrari como piloto de testes entre 2002 e 2004, viveu uma rápida adaptação à Stock Car. Logo em sua primeira corrida, em 2005, em Interlagos, subiu ao pódio. “A grande dificuldade que ele terá será ‘pegar a mão’ do carro. Mas, com a experiência e talento que ele tem, acredito que conseguirá rapidamente. Acho que não já na primeira corrida, mas se fizer mais de uma prova, dá pra esperar uma evolução. É um piloto de alto nível, que entra em qualquer categoria para andar na frente”, destacou o piloto da Itaipava Racing Team.

Já Ricardo Zonta, da Linea Sucralose, acredita que o grande problema para Rubinho no começo será lidar com as disputas durante as provas. “As maiores dificuldades serão em relação à visão de dentro do carro, à falta de experiência em carros de turismo, que são completamente diferentes dos fórmulas e à agressividade das corridas”, disse o ex-piloto da BAR na F-1.

Os atuais pilotos da Stock Car festejaram a chegada do colega e o possível aumento da visibilidade da categoria. “É muito bom para a categoria ter um nome tão importante quanto é o Rubinho. Fico feliz e espero que ele continue ano que vem”, disse Zonta.

Para Burti, a participação de Barrichello no fechamento da temporada da Stock Car é uma notícia boa para todos os lados. “É um ganho enorme para a categoria. Um nome muito forte, o recordista de GPs da Fórmula 1. E para ele também será muito legal, tenho certeza de que ele vai se divertir conhecendo um outro lado do automobilismo brasileiro”, definiu o também comentarista da Rede Globo.
 

Confira o vídeo de divulgação da nova equipe de Barrichello:

Próxima Stock Car Brasil matéria
Barrichello poderá correr mais de uma etapa, revela chefe de equipe

Previous article

Barrichello poderá correr mais de uma etapa, revela chefe de equipe

Next article

Ao TotalRace, Rubinho admite que pode correr três etapas na Stock

Ao TotalRace, Rubinho admite que pode correr três etapas na Stock
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Stock Car Brasil
Tipo de matéria Últimas notícias