Dupla Maurício/Girolami domina abertura da Stock em Goiânia

Pilotos da Eurofarma conseguem melhor ritmo em ótima corrida de recuperação para a primeira vitória do ano

Ricardo Maurício, ao lado do argentino Nestor Girolami, venceu a corrida de duplas da Stock Car neste domingo em Goiânia. Mostrando ter o melhor carro da prova, Ricardinho iniciou a prova ganhando terreno ante a Átila e Marcos Gomes, líderes da corrida. O piloto ainda superou os dois antes de sua parada para trocar com o argentino Nestor Girolami.


Após trocar com Girolami, o carro #90 da Eurofarma não foi mais alcançado pelo resto. Nestor era por volta de 0.4s mais rápido que os outros pilotos e ganhou fácil, sem usar seus últimos dois push-to-pass.

Marcos Gomes e o australiano Mark Wintterbottom chegaram no segundo lugar. Na 100ª corrida na Stock Car, o filho de Paulo Gomes superou Allam Khodair e o português António Félix da Costa.

Voltando à categoria, Ingo Hoffmann, ao lado de Rubens Barrichello, chegou em nono lugar. A família Serra, com o carro 29, ficou em 13º.

Na largada, Átila Abreu manteve a ponta com Marcos Gomes logo atrás. Valdeno Brito conseguiu ultrapassar Ricardo Maurício com Camilo em quinto. Maurício recuperou sua terceira posição após o fechamento da primeira volta. Com Gomes pressionando Átila, Ricardo Maurício começou a chegar na briga.

Foi assim até a quinta volta, quando Marcos Gomes conseguiu sair mais forte que Átila Abreu da última curva. O piloto da Voxx conseguiu superar o sorocabano, que, ainda naquela volta, foi superado por Ricardo Maurício. Na sétima volta tivemos a intervenção do Safety Car após um forte acidente de Cesar Ramos. O top 5 era Gomes, Maurício, Camilo, Abreu e Valdeno. Na relargada, Valdeno perdeu o quinto lugar para Cacá Bueno. Campeão de 2014, Barrichello já tinha recuperado dez posições, e era o 18º.

Poucas voltas depois chegamos ao 20º minuto de prova. Átila Abreu foi o primeiro a ir para o box, cedendo seu carro para Nelsinho Piquet. Enquanto isso, Ricardo Maurício ganhou a primeira posição de Marcos Gomes. Começaram as paradas, que tinham como ponto obrigatório a troca dos quatro pneus e o abastecimento de 20L de gasolina.

Após todas as paradas, o carro de Maurício ainda liderava, mas agora com Nestor Girolami. O segundo era Mark Winterbottom (Marcos Gomes) com António Félix da Costa (Allam Khodair) em terceiro. Pechito Lopez (Cacá Bueno) e Vitor Meira (Max Wilson) fechavam o Top 5. Atrás vinham Piquet (Átila Abreu), Álvaro Parente (Felipe Fraga), Lucas di Grassi (Thiago Camilo), Bruno Senna (Antônio Pizzonia) e Ingo Hoffmann (Rubens Barrichello), em décimo.

Com 15 minutos para o fim, Félix da Costa ganhou a posição Pechito Lopez, indo para terceiro. Ao mesmo tempo, Nelsinho Piquet e Álvaro Parente trocavam de posições constantemente disputando o sexto lugar.

Nestor Girolami era bem mais rápido que o resto dos concorrentes, sendo 0.4s mais rápido por volta que Wintterbottom. A diferença entre os dois era de 4.2s. Com sete minutos para o fim, o carro de Nelsinho e Átila acusou problemas de freios terminais, fazendo ambos abandonarem a prova. Antes do fim, Liuzzi e Bruno Senna se tocaram na primeira curva e acabaram rodando.

Girolami venceu com 6.8s à frente de Wintterbottom.

Confira o resultado da prova:

1 90     Ricardo Mauricio/Nestor Girolami  Chevrolet/Eurofarma RC 52:32.719s 35 voltas
2 80     Marcos Gomes/Mark Winterbottom  Peugeot/Voxx Racing Team + 6.892s
3 18     Allam Khodair/Antonio Felix da Costa/Chevrolet     Full Time Competições + 18.475s
4 0     Cacá Bueno/Pechito Lopez  Chevrolet/Red Bull Racing + 18.742s
5 21     Thiago Camilo/Lucas Di Grassi  Chevrolet/Ipiranga-RCM + 19.102s
6 65     Max Wilson/Vitor Meira     Chevrolet/Eurofarma RC + 19.766s
7 88     Felipe Fraga/Alvaro Parente  Peugeot/Voxx Racing Team + 19.880s
8 77     Valdeno Brito/Laurens Vanthoor  Chevrolet/Shell Racing + 25.577s
9 111     Rubens Barrichello/Ingo Hoffmann  Chevrolet/Full Time Competições + 42.395s
10 14     Luciano Burti/Jaime Algersuari   Chevrolet/RZ Motorsport + 45.797s
11 4     Julio Campos/Nicholas Prost  Peugeot/Prati-donaduzzi + 46.930s
12 28     Galid Osman/Beto Monteiro  Chevrolet/Ipiranga-RCM + 50.193s
13 29     Daniel Serra/Chico Serra  Chevrolet/Red Bull Racing + 52.997s
14 2     Raphael Mattos/David Mufatto  Peugeot/Schin Racing Team + 59.049s
15 10     Ricardo Zonta/Jacques Villeneuve  Chevrolet/Shell Racing + 59.682s
16 12     Lucas Foresti/Luiz Razia  Chevrolet/AMG Motorsport + 1:04.663s
17 46     Vitor Genz/Matheus Stumpf  Peugeot/Boettger Competições + 1:06.869s
18 110     Felipe Lapenna/Vitantonio Liuzzi  Peugeot/Schin Racing Team + 1:10.047s
19 6     Alceu Feldmann/Ezequiel Raul Bosio  Peugeot/Boettger Competições + 1:11.382s
20 3     Bia Figueiredo/Matias Milla   Peugeot/União Química Racing + 1:16.879s
21 83     Gabriel Casagrande/Enrique Bernoldi   Chevrolet/C2 Team + 1:18.789s
22 26     Raphael Abbate/Nicolas Costa  Chevrolet/Hot Car Competições + 1:19.706s
23 72     Fabio Fogaça/Leandro Totti   Chevrolet/Hot Car Competições + 1 volta
24 1     Antonio Pizzonia/Bruno Senna   Peugeot/Prati-donaduzzi + 1 volta
25 73     Sergio Jimenez/Fabio Carbone  Chevrolet/C2 Team + 1 volta
26 25     Tuka Rocha/Chris Van Der Drift     Peugeot/União Química Racing + 2 voltas

Abandonaram

8     Rafael Suzuki/Antonio Perez  Chevrolet/RZ Motorsport 31 voltas
51     Átila Abreu/Nelson Piquet Jr  Chevrolet/AMG Motorsport 27 voltas
74     Popó Bueno/Guilherme Salas  Peugeot/Cavaleiro Racing Sports 24 voltas
70     Diego Nunes/Ricardo Rosset  Chevrolet/Vogel Motorsport 8 voltas
11     Cesar Ramos/Frederic Vervish  Peugeot/Cavaleiro Racing Sports 7 voltas
33     Felipe Maluhy/Xandynho Negrão  Chevrolet/ProGP 5 voltas
5     Denis Navarro/Felipe Giaffone  Chevrolet/Vogel Motorsport 3 voltas

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias