Em prova quente, Daniel Serra e Max Wilson fazem ótima estratégia e vencem no Velopark

compartilhar
comentários
Em prova quente, Daniel Serra e Max Wilson fazem ótima estratégia e vencem no Velopark
26 de abr de 2015 15:30

Provas marcadas por algumas entradas de Safety Car e um forte calor no Rio Grande do Sul, Serra e Wilson vencem

Max Wilson, #65 Eurofarma RC Chevrolet
Pódio corrida 2: Cacá Bueno, Max Wilson, e Julio Campos
Daniel Serra, Red Bull Racing Chevrolet
Daniel Serra, #29 Red Bull Racing e Marcos Gomes, #80 Voxx Racing Team

A terceira etapa da Stock Car aconteceu na tarde deste domingo, no circuito de Velopark, em Nova Santa Rita, Rio Grande do Sul. E na segunda etapa de rodadas duplas, Daniel Serra e Max Wilson levaram as duas corridas, respectivamente. Cacá Bueno em uma corrida estratégica pontuou bem nas duas provas e se isolou na liderança do campeonato.

A largada para a primeira prova foi dada em fila indiana, na primeira volta Allam Khodair foi para cima de Rubens Barrichello e tomou a quarta posição do atual campeão. Porém na volta seguinte Barrichello usou um push to pass e retomou a quarta colocação do Khodair e de Júlio Campos na mesma reta, subindo para a terceira colocação.

Na terceira volta Rubinho perdeu novamente as duas colocações, pois seus adversários também usaram o push. Essa briga dos três durou algumas voltas. Duas voltas depois, César Ramos, que estava em sétimo teve seu pneu dianteiro furado. O piloto da casa acabou batendo com o Fábio Fogaça e danificando o carro.

Na mesma volta Daniel Serra foi pra cima do líder Marcos Gomes e assumiu a primeira colocação, antes de o Safety Car ser chamado, por causa do carro do César Ramos, que ficou parado. Assim que foi acionada a bandeira verde, os pilotos trocaram posições algumas vezes.

Quando abriu a janela de abastecimento, Marcos Gomes foi o primeiro dos líderes a parar, tentando ganhar a posição nos boxes, Gomes fez uma parada rápida. Serra, que parou uma volta depois ficou um pouco a mais nos boxes, mas mesmo assim continuou na primeira colocação. Júlio Campos se aproveitou e também passou pelo Marcos Gomes, assumindo a segunda colocação.

Voltas depois, Marcos Gomes retomou a posição de Júlio Campos, enquanto Barrichello se aproximava de forma perigosa nos dois. Campos, na volta seguinte passou novamente, tudo por conta dos acionamentos dos push to pass e os dois ficaram trocando posições a cada volta.
No final, Daniel Serra venceu a primeira corrida, seguido por Marcos Gomes e Júlio Campos.

Confira o resultado da primeira corrida:

1 – Daniel Serra – Red Bull Racing – 47 voltas
2 – Marcos Gomes – Voxx Racing - +0.691s
3 – Júlio Campos – Prati-Donaduzzi - +3.630s
4 – Rubens Barrichello – Full Time - +12.213s
5 – Cacá Bueno – Red Bull Racing - +21.813s
6 – Ricardo Maurício – Eurofarma RC - +22.876s
7 – Allam Khodair – Full Time - +24.810s
8 – Diego Nunes – Vogel Motorsports - +26.113s
9 – Sérgio Jimenez – C2 Team - +26.833s
10 – Max Wilson – Eurofarma RC - +27.939s
11 – Valdeno Brito – Shell Racing - +29.325s
12 – Thiago Camilo – Ipiranga Racing - +30.106s
13 – Ricardo Zonta – Shell Racing - +30.433s
14 – Felipe Fraga – Voxx Racing - +34.580s
15 – Rafael Suzuki – RZ Motorsport - +46.945s
16 – Átila Abreu – AMG Motorsport - +47.848s
17 – Rafael Mattos – Schin Racing - +49.100s
18 – Felipe Lapenna – Schin Racing - +1 volta
19 – Raphel Abbate – Hot Car - +1 volta
20 – Lucas Foresti – AMG Motorsport - +2 voltas
21 – Popó Bueno – Cavaleiro Racing - +2 voltas
22 – Victor Genz – Boettger - +3 voltas
23 – Bia Figueiredo – Bassani Racing - +3 voltas
24 – Antônio Pizzonia – Prati-Donaduzzi - +11 voltas
25 – Luciano Burti – RZ Motorsport - +14 voltas
26 – Galid Osman – Ipiranga Racing - +15 voltas
27 – Gabriel Casagrande – C2 Team - +16 voltas
28 – Tuka Rocha – Bassani Racing – abandonou
29 – Fábio Fogaça – Hot Car – abandonou
30 – Denis Navarro – Vogel Motorsport – abandonou
31 – César Ramos – Cavaleiro Racing – abandonou

Segunda Corrida

Na segunda prova, mais uma vez uma largada em fila indiana, Diego Nunes não conseguiu largar e ficou pelo caminho, Tuka Rocha também ficou lento na pista e abriu passagem para todos. Rubens Barrichello, ao tentar ultrapassar o Sérgio Jimenez, acabou perdendo espaço e caindo de quinto para décimo primeiro.

Na frente a briga era com os companheiros de equipe Max Wilson e Ricardo Maurício, um pouco mais atrás vinha Cacá Bueno. Duas voltas depois, Valdeno Brito usou o push e ultrapassou o Daniel Serra e tentou passar o Khodair na mesma manobra, acabou sendo tocado e rodou, ao voltar, foi acertado pelo Rafa Mattos. Brito saiu da pista e acertou a barreira de pneus. Com isso o Safety Car foi acionado.

Quando a bandeira verde foi acionada, Rafael Mattos foi tocado pelo Átila Abreu, fazendo o piloto do carro dois rodar e bater no meio da reta dos boxes, sendo acionado o carro de segurança mais uma vez.

Antes da bandeira verde o carro de Ricardo Maurício teve um pneu furado, obrigando o piloto a ir para os boxes, deixando a briga pela liderança com Max Wilson e Cacá Bueno
.
Na última volta, Wilson abriu um pouco e venceu a prova, seguido por Bueno e Júlio Campos, que conseguiu dois pódios no final de semana

Confira o resultado da segunda corrida:

1 – Max Wilson – Eurofarma RC – 26 voltas
2 – Cacá Bueno – Red Bull Racing - +1.343s
3 – Júlio Campos – Prati-Donaduzzi - +3.024s
4 – Daniel Serra – Red Bull Racing - +3.774s
5 – Rubens Barrichello – Full Time - +5.327s
6 – Felipe Lapenna – Schin Racing - +11.440s
7 – Gabriel Casagrande – C2 Team - +11.930s
8 – Ricardo Zonta – Shell Racing - +12.299s
9 – Victor Genz – Boettger - +13.418s
10 – Thiago Camilo – Ipiranga Racing - +14.219s
11 – Popó Bueno – Cavaleiro Racing - +14.220s
12 – Antônio Pizzonia – Prati-Donaduzzi - +15.797s
13 – Luciano Burti – RZ Motorsport - +18.484s
14 – Allam Khodair – Full Time - +18.588s
15 – Lucas Foresti – AMG Motorsport - +20.298s
16 – Sérgio Jimenez – C2 Team - +27.519s
17 – Bia Figueiredo – Bassani Racing - +28.237s
18 – Marcos Gomes – Voxx Racing - +34.793s
19 - Rafael Suzuki – RZ Motorsport - +36.882s
20 – Ricardo Maurício – Eurofarma RC +48.192s
21 – Galid Osman – Eurofarma RC – abandonou
22 – Átila Abreu – AMG Motorsport – abandonou
23 – Denis Navarro – Vogel Motorsport – abandonou
24 – Tuka Rocha – Bassani Racing – abandonou
25 – Rafael Mattos – Schin Racing – abandonou
26 – Valdeno Brito – Shell Racing – abandonou
27 – Fábio Fogaça – Hot Car – abandonou
28 – Diego Nunes – Vogel Motorsport – abandonou
29 – Felipe Fraga – Voxx Racing – não largou
30 – Raphael Abbate – Hot Car – não largou
31 – César Ramos – Cavaleiro Racing – não largou

Próxima Stock Car Brasil matéria
No último grupo, Marcos Gomes supera Valdeno pela pole no Velopark

Previous article

No último grupo, Marcos Gomes supera Valdeno pela pole no Velopark

Next article

Galid Osman surpreende e crava a primeira pole position da carreira, em Curitiba

Galid Osman surpreende e crava a primeira pole position da carreira, em Curitiba
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Stock Car Brasil
Pilotos Max Wilson , Daniel Serra
Tipo de matéria Últimas notícias