Em último ato pela Shell, Valdeno celebra “volta perfeita”

Piloto paraibano acredita que mesmo com treino normal pudesse lutar pela pole position com o tempo marcado

De ida para a equipe C2 no próximo ano, Valdeno Brito marcou neste sábado (12) em Interlagos aquela que será lembrada para sempre como sua última pole pela equipe Shell Racing e a terceira de 2015. Desde 2010 no time, o piloto negou que seja um momento emocional, mas garante que vai tentar dar uma última vitória a seus mecânicos.

“É boa despedida, com certeza. Estamos aqui com uma família. Todos se conhecem bem demais e gosto muito de todos eles. Mas faz parte”, falou ao MOTORSPORT.COM em Interlagos.

“Mas temos de encerrar amanhã com uma boa corrida e aí só depois pensar no ano que vem.”

Para Valdeno, sua volta poderia disputar a pole position mesmo sem chuva. “Ninguém fez este tempo o final de semana todo. Nem de manhã, com temperatura baixa. É só ver a diferença para os outros.”

“Mudamos o carro, porque ele tinha problema no final de semana nas retas. Tínhamos um bico injetor entupido e aí consertamos para a classificação. O chão do carro eu já sabia que estava muito bom.”

“Mas foi uma volta perfeita também, consegui acertar. Eu acho que abaixo de 1min38s ninguém havia virado neste traçado ainda.”

“De qualquer maneira, acho que seria uma volta para disputar a pole position. Deus quis assim. Então é comemorar a pole agora e amanhã lutar pela vitória.”

Valdeno não pensa na disputa do título, só em ganhar. "Não faço ideia de nada, sinceramente. Vou fazer minha corrida para ganhar. Não estou olhando para trás, quero só fazer uma boa corrida para melhorar no campeonato.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Evento Interlagos
Sub-evento Sábado
Pista Interlagos
Pilotos Valdeno Brito
Tipo de artigo Últimas notícias