Galid confirma tensão interna com Camilo antes da final

compartilhar
comentários
Galid confirma tensão interna com Camilo antes da final
Por: Gabriel Lima
8 de dez de 2017 15:37

Piloto do carro #28 diz que ajudará se puder companheiro vice-líder, mas revela mágoa por “série de fatores internos”

Galid Osman e Thiago Camilo
Galid Osman
Pole position Galid Osman
Galid Osman em Goiânia
Galid Osman
Galid Osman e Thiago Camilo
Galid Osman e Thiago Camilo

Companheiro de Thiago Camilo na equipe Ipiranga, Galid Osman confessou que o clima dentro do box na equipe de Andreas Mattheis não é o melhor antes da grande final da Stock Car deste final de semana.

Galid confirmou ao Motorsport.com que não fez jogo de equipe para o parceiro, que atualmente disputa o título com Daniel Serra, na corrida de Tarumã. Na ocasião, Galid era o pole e Camilo saia em segundo na corrida 1. O #28 revelou que disse à equipe que não ajudaria o parceiro antes de seu primeiro pit stop.

Questionado sobre a fala de Camilo sobre o fato de não ter sido um companheiro de equipe naquela prova, o piloto confirmou.

“Realmente. Não fui um companheiro de equipe naquele primeiro momento por uma série de favores internos que poucas pessoas sabem”, disse.

“Tive os meus motivos para isso e não me arrependo. Porém, o combinado não era esse. O combinado era de que depois do pit eu ia ajuda-lo. Até avisei a equipe no rádio que iria deixar ele passar. Só que o Max (Wilson) passou ele na hora e isso atrapalhou nossos planos. Mas ali eu só segui o script, o combinado com a equipe.”

“Todo mundo sabia. Nós fizemos uma reunião no domingo, às 9h30 da manhã, onde ficou decidido que eu ia fazer a minha corrida até o pit stop. Faria a minha prova e depois do pit eu ia ajudar.”

O Motorsport.com entende que o início da animosidade ocorreu em Londrina, quando o motor do carro de Galid foi dado a Camilo para a classificação e o #21 cravou a pole position. Mesmo assim, o #28 ressalta que será leal ao seu patrocinador neste final de semana.

“Para mim está sendo um final de semana normal. Vou aproveitar que é minha última corrida aqui na equipe e tentar aprender tudo o que puder. Se puder a ajudar, eu vou ajudar pela Ipiranga. Então vai ser um fim de semana normal, vou dar o meu melhor e vamos ver o que pode acontecer.”

“É ruim (terminar a parceria assim). Mas levo pelo lado do aprendizado. Eu aprendi muito ao lado dele (Camilo). Ele é um piloto rápido muito experiente. Ele em os motivos dele e eu os meus. Pra mim, isso está sendo bem natural, bem normal.”

“Eu não continuo no time no ano que vem, procurarei novos ares. Estarei com a Ipiranga, mas chegou a hora de deslanchar e seguir minha carreira sozinho. Estarei em uma equipe nova.”

Próxima Stock Car Brasil matéria
Piquet disputa temporada completa da Stock em 2018

Previous article

Piquet disputa temporada completa da Stock em 2018

Next article

Na Stock em 2018, Nelsinho diz que WEC estagnou aprendizado

Na Stock em 2018, Nelsinho diz que WEC estagnou aprendizado
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Stock Car Brasil
Evento Interlagos
Localização Autódromo José Carlos Pace
Pilotos Galid Osman
Autor Gabriel Lima
Tipo de matéria Entrevista