Jimenez bate Cacá e é pole em Brasília. Rubinho roda e sai em 23º

Piloto da Voxx Racing Team conquistou sua primeira pole na Stock. Cacá Bueno larga em segundo e Valdeno Brito em 3º

Um dos estreantes da temporada, o paulista Sérgio Jimenez dominou os treinos deste sábado em Brasília e conquistou a pole para a 11ª etapa da Stock Car 2013. Jimenez, que já havia liderado o treino livre pela manhã, foi 25 milésimos de segundo mais rápido que Cacá Bueno (57s352 contra 57s377) e comemorou bastante sua primeira pole.

“Não foi um trabalho só meu, foi da equipe. A pole é nossa. Estou muito contente pela pole, crescemos nas últimas corridas, mas pena que não estamos na briga pelo campeonato. Estou aprendendo o carro, que é muito manhoso, difícil de pilotar. Estamos aprendendo juntos, eu e a equipe e a tendência é melhorar sempre”, disse o pole, que briga com Rubens Barrichello pelo título de estreante do ano. “Jamais imaginei que disputaria algo com o Rubinho, um piloto que sempre acompanhei pela TV, acordado cedo nos domingos”, completou em entrevista ao SporTV.

Mas Rubens Barrichello não foi bem hoje. O piloto rodou em sua primeira tentativa de volta rápida e sai apenas em 23º. A terceira posição no grid para a corrida de Brasília será de Valdeno Brito, seguido por Ricardo Zonta e Allam Khodair. Thiago Camilo, Julio Campos, Luciano Burti, Ricardo Maurício e Lico Kasemodel completam os 10 primeiros.

O líder do campeonato, Daniel Serra, sai apenas em 13º. A penúltima etapa da Stock Car tem largada prevista para às 11h deste domingo, com transmissão do SporTV.

Com muito sol, o treino em Brasília começou com os carros do Grupo 1 na pista. O primeiro a sair dos boxes foi Rubens Barrichello. O ex-F1 acabou saindo da pista em sua primeira tentativa e tocou a barreira de pneus. Ele ainda retornou ao traçado, mas praticamente sem chances de passar ao Q2. O melhor tempo do Grupo 1 ficou com Valdeno Brito, com 57s024. O piloto da Shell Racing foi seguido por Julio Campos, Cacá Bueno, Thiago Camilo e Sergio Jimenez.

Luciano Burti, Ricardo Maurício, Ricardo Zonta, Max Wilson e o líder do campeonato Daniel Serra, também ficaram provisoriamente entre os 10 que iriam ao Q2. Rubens Barrichello, com o tempo de 57s712 foi o 14º colocado entre os 16 do Grupo 1.

“A gente sabia que estava perdendo um pouco de tempo no setor 3 e, procurando o limite do carro, arrisquei um pouco mais e, na freada, acabei rodando. A batida foi até um pouco forte. A coisa mais interessante é que nunca na minha vida, depois de uma batida dessa, eu ainda havia conseguido dar uma volta. E até entrei na casa do 57s”, comentou o piloto da Medley ao SporTV.

Entre os pilotos do Q2, o primeiro a entre no Top 10 foi Lico Kaesemodel, com o quinto tempo, tirando o líder do campeonato da superpole. Outro que se classificou para o Q2 foi Allan Khodair, com o oitavo tempo.

Valdeno Brito, Julio Campos, Cacá Bueno, Thiago Camilo, Lico Kaesemodel, Sergio Jimenez, Luciano Burti, Allan Khodair, Ricardo Maurício e Ricardo Zonta tinham sete minutos para buscar a pole no Q2, mas os carros só foram pra pista com pouco mais de quatro minutos para o fim da sessão.

Sergio Jimenez, que já havia liderado o treino livre da manhã, foi para a ponta, seguido Cacá Bueno e Valdeno Brito. O piloto da Red Bull ainda tentou tirar a primeira posição de Jimenez, mas ficou a 25 milésimos da pole.

Confira o grid de largada em Brasília:

1) Sérgio Jimenez (Voxx Racing Team), 57s352, média de 183,23 km/h
2) Cacá Bueno (Red Bull Racing), 57s377
3) Valdeno Brito (Shell Racing), 57s381
4) Ricardo Zonta (BMC Racing), 57s448
5) Allam Khodair (Vogel Motorsport), 57s458
6) Thiago Camilo (Ipiranga-RCM), 57s483
7) Julio Campos (Prati-Mico's Racing), 57s542
8) Luciano Burti (Boettger Competições), 57s623
9) Ricardo Maurício (Eurofarma RC), 57s677
10) Lico Kaesemodel (Boettger Competições), 57s897

Eliminados no Q1:

11) Galid Osman (Ipiranga-RCM), 57s295
12) Max Wilson (Eurofarma RC), 57s316
13) Daniel Serra (Red Bull Racing), 57s318
14) Denis Navarro (Voxx Racing Team), 57s340
15) Rafa Matos (Hot Car Competições), 57s361
16) Rodrigo Sperafico (Prati-Mico's Racing), 57s383
17) Diego Nunes (RC3 Bassani), 57s417
18) Átila Abreu (Mobil Super Pioneer Racing), 57s471
19) Ricardo Sperafico (Officer ProGP), 57s515
20) Popó Bueno (Shell Racing), 57s526
21) Rodrigo Pimenta (Gramacho Competições), 57s647
22) Lucas Foresti (RC3 Bassani), 57s698
23) Rubens Barrichello (Full Time Competições), 57s712
24) Felipe Lapenna (Hanier Racing), 57s733
25) Fábio Fogaça (Vogel Motorsport), 57s818
26) Duda Pamplona (Officer ProGP), 57s834
27) David Muffato (Carlos Alves Competições), 57s939
28) Wellington Justino (Hot Car Competições), 57s949
29) Marcos Gomes (Carlos Alves Competições), 58s067
30) Vitor Genz (Gramacho Competições), 58s083
31) Alceu Feldmann (Full Time Competições), 58s091
32) Tuka Rocha (BMC Racing), 58s349
33) Beto Cavaleiro (Hanier Racing), 59s423
34) Nonô Figueiredo (Mobil Super Pioneer Racing), 59s740

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias