Mais vitorioso na Stock desde 2013, Serra quer título em 2016

Tendo mais vitórias e pódios que qualquer outro piloto nas três últimas temporadas, Daniel quer mais consistência no ano que vem mas tem cuidado nas expectativas

Piloto da equipe de Andreas Mattheis na Stock Car desde 2009, Daniel Serra se desenvolveu de forma notória dentro do time a cada ano. Em 2013, ele chegou na última prova, em Interlagos, com grandes possibilidades de conquistar o título, mas uma falha mecânica acabou lhe tirando a chance.

Ter Cacá Bueno a seu lado dentro de seu time não é uma tarefa fácil, mas Serrinha vê a cada ano seu amadurecimento o tornando um piloto mais rápido. Não à toa, ele é o piloto com mais vitórias (7) e mais pódios (17) desde a temporada de 2013. Falta ainda a constância.

“Mudei o jeito de lidar com a equipe, o jeito de lidar com o campeonato e outras coisas”, disse ao MOTORSPORT.COM.

“Isso vai dando mais tranquilidade. Desde quando você é moleque você sabe sentar e dar uma volta, a questão aqui é você dar dez vezes essa volta.”

"Eu gostaria muito de ter um campeonato. Quando você analisa de fora, às vezes não consegue julgar bem o que aconteceu. Nos últimos três anos sou o piloto que mais tem pódios e mais tem vitórias. Mas falta a consistência. Mas eu saio satisfeito com o que tenho feito."

"Durante os anos nós melhoramos, estamos mais competitivos. Me cobro muito neste aspecto. Mas queria ter um campeonato. Só vitórias e números não resolvem. Vamos ver, porque o ano que vem está chegando.”

Após um 2013 difícil de digerir, o paulista promete trabalhar para ser campeão sem criar expectativas demais, o que houve há dois anos.

“É muito difícil criar expectativas. Eu já tive anos que achei que fosse o meu ano e não foi. Como em 2013, que cheguei na última corrida brigando e meu acelerador travou. O que precisamos é terminar todas as provas por conta deste formato. Hoje não crio expectativas, apenas estava otimista neste ano para continuar no ritmo que vínhamos. Só que aí tivemos algumas falhas mecânicas.”

“Neste ano, depois de duas etapas eu estava fora dos 20 primeiros. Depois conseguimos fazer uma recuperação muito rápida, ganhamos duas corridas (Velopark e Curitiba) e voltamos a brigar pelas primeiras posições. Acho que se você parar e olhar apenas performance e resultados nós tivemos um ano positivo.”

“Temos seis pódios e duas vitórias, mas acabamos zerando em muitas corridas. É impossível você disputar um campeonato zerando em sete das 20 provas.”

“Sabemos o que aconteceu. Foram algumas falhas e a gente trabalhou ao máximo para tentar saber porque tudo aconteceu para que não aconteça mais e a gente consiga ter um campeonato mais consistente no ano que vem.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Pilotos Daniel Serra
Tipo de artigo Últimas notícias