Meira é desclassificado e reclama de direção de prova no PR

"A minha vontade é pegar o capacete e ir embora, pois tenho vergonha de alinhar amanhã no grid", diz o brasiliense

Vitor Meira

 

Ex-piloto da Fórmula Indy, Vitor Meira foi desclassificado da tomada de tempos deste sábado da Copa Caixa Stock Car em Cascavel e fez duras críticas à Direção de Prova.
 
O piloto da Officer ProGP foi o quarto no Q1 e estava na briga pela pole position. No entanto, Meira foi excluído da tomada, acusado de ter atrapalhado a volta do piloto David Muffato. A punição foi classificada como "ridícula e irresponsável" por Meira.
 
"Primeiro de tudo, um piloto subir a torre no meio do treino oficial e ser atendido pelos comissários é algo, no mínimo, irresponsável. Depois, a punição é ridícula, irresponsável e sem critério algum dos comissários da CBA. Não se pode colocar um trabalho que envolve profissionais, patrocínios e muitos outros aspectos, na mão de uma decisão injustificável", conta. 
 
"É uma frustração gigantesca que uma categoria como a Stock Car ainda sofra com atitude grotesca como essa. Não aceito a punição, pois quem deveria ser desclassificado eram os próprios comissários. A minha vontade é pegar o capacete e ir embora, pois tenho vergonha de alinhar amanhã no grid", completa.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias