Nelsinho pode fazer Stock e F-E em 2018; entenda cenário

Primeiro campeão da Fórmula E pode aparecer no grid da maior categoria do Brasil a partir da próxima temporada

Antes da grande final da Stock Car na próxima semana entre Daniel Serra e Thiago Camilo, os rumores envolvendo o grid da temporada de 2018 da categoria estão mais aquecidos que nunca.

O mais interessante deles dá conta de que Nelsinho Piquet, que já fez duas Corridas de Duplas ao lado de Átila Abreu, poderia fazer a temporada do ano que vem pela equipe Full Time.

Nelsinho ocuparia o lugar de Allam Khodair, que acertou sua ida para a equipe Blau Motorsport. Anunciado nesta sexta, o acordo do “japonês voador” com o time – que iniciou suas atividades neste ano – abre um espaço na equipe de Maurício Ferreira e deixa a anunciante Texaco/Havoline sem piloto.

Nelsinho poderia ocupar este lugar, conciliando a categoria com a Fórmula E a partir do ano que vem. A Stock Car ainda não tem calendário para o próximo ano, o que pode trabalhar tanto para o lado positivo quanto para o lado negativo o possível acordo.

Ainda assim, o ex-Fórmula 1 poderia inclusive anunciar sua decisão na próxima semana em Interlagos, fazendo seu primeiro trabalho para seu novo patrocinador em seu carro de volta rápida, utilizado para entreter convidados nos finais de semana de corrida.

O que pode ameaçar a entrada de Piquet no time principal da Full Time é a provável vinda de Ricardo Maurício, que entraria na equipe levando parte do patrocínio da Eurofarma, atualmente no time de Rosinei Campos. No entanto, como atualmente o time da Full Time é composto por seis carros, haveria espaço para ambos serem parte do programa de 2018.

Ao lado de Átila, Nelsinho conquistou a pole na Corrida de Duplas de 2015 em Goiânia e chegou em sexto lugar na edição de 2016 da prova, disputada em Curitiba.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil , Fórmula E
Pilotos Nelson Piquet Jr.
Tipo de artigo Últimas notícias