Pilotos elogiam Curvelo, mas destacam risco de acidentes

Em primeira visita a pista mineira, paddock da Stock Car converge em opinião sobre Circuito dos Cristais

Após a primeira experiência no Circuito dos Cristas, em Curvelo (MG), os pilotos da Stock Car concordaram que o traçado da pista - que conta com nada menos que 18 curvas - é um dos mais desafiadores da temporada. No entanto, também falaram sobre o fato de o autódromo estar parcialmente em obras.

Não existem muitas áreas de escape na pista. As poucas, possuem terra e morros ao invés de grama, brita ou até mesmo asfalto. Guard-rails e árvores também estão próximos ao circuito.

Confira o que disseram alguns dos pilotos ao Motorsport.com:

Felipe Fraga

“É uma pista bem seletiva. É muito difícil, mas não podemos errar. Uma erradinha e você vai para o muro, o que é perigoso. O que mais me preocupa são os acidentes, que podem causar cerca dez a 15 minutos de Safety Car, que é o que estamos tendo nos treinos livres. Isso é preocupante, pode acabar com a corrida. Pode dar a chance de fazer as duas provas com um tanque, o que não gosto muito. Está faltando estrutura.”

Cacá Bueno

“O layout ficou bacana. Deu para entender que o construtor quis fazer uma pista longa, mas em alguns pontos não precisávamos de tantas curvas. Talvez pudéssemos ter alguns pontos mais rápidos e técnicos. Fazer uma pista de 18 curvas é legal, mas fica tudo muito espremido. Só usamos até a quinta marcha das seis aqui - e é em um pequeno trecho da reta. A pista inteira praticamente é de segunda e terceira. Temos duas curvas de primeira também. Acabou que é uma pista bastante longa e ficou espremido. Isso acabou afetando um pouco a segurança. Não é criticar por criticar. Temos que aplaudir uma pista em Minas Gerais, em uma época tão difícil para isso. Mas a sensação de dentro do carro é que um pequeno erro não tem conserto. Você vai parar no muro, no barranco, na árvore. A sensação que fica é que isso não foi acabado, ou que poderia ter sido melhor aconselhado com pilotos experientes.”

Júlio Campos

“A pista é boa, o traçado é legal. O único problema é que falta pneu nos guard-rails. Você acaba rodando e tem o perigo de você danificar o seu carro. Tem alguns morros de terra também. Obviamente a pista começou agora e eles ainda precisam aprimorar algumas coisas. Temos a lama também, que não tem o que fazer. Temos que esperar a grama crescer. Mas, com o que tivemos nesta sexta, se tivermos Safety Car na pista vai ser por muito tempo.”

Nestor Girolami

“Achei a pista bem legal. É uma pista que exige muito do piloto, com 18 curvas e é bem técnica. Acho que o circuito tem muito para evoluir ainda. Temos algumas áreas de escape que nos comprometeram um pouco. O esforço foi muito válido, mas não podemos esquecer que para o ano que vem temos muitas coisas que ainda precisamos resolver para ser uma pista bonita e segura também.”

Daniel Serra

“Não foi uma sexta produtiva, a roda traseira saiu no treino da manhã, eu bati e danificou muito o carro. Não treinei à tarde. A pista parece ser legal em termos de guiada, mas é bem travada. Só as áreas de escape que poderiam ser melhores. O circuito poderia estar mais terminado, digamos assim. A sensação é que não está pronto. Não vai ser fácil de passar, mas nós temos o push-to-pass, então vai acabar sendo esse ‘jogo de xadrez’ que é normalmente.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Evento Curvelo
Pista Circuito dos Cristais - Curvelo
Tipo de artigo Últimas notícias