Ricardo Maurício acaba com jejum, mas diminui valor da liderança

compartilhar
comentários
Ricardo Maurício acaba com jejum, mas diminui valor da liderança
Por: Julianne Cerasoli
20 de mai de 2013 09:33

Vencedor da etapa de Salvador após aposta na estratégia, piloto não ganhava desde a Corrida do Milhão de 2010

A vitória na etapa de Salvador da Stock Car não apenas encerrou um jejum, que durava desde a Corrida do Milhão de 2010 ,em Interlagos, como também deu a Ricardo Maurício a liderança do campeonato.

O piloto, que chegou ao sexto pódio consecutivo, admitiu que a sorte contou mais do que qualquer planejamento estratégico. O piloto decidiu ficar na pista, com pneus para pista molhada, mesmo depois que o asfalto secou em Salvador. “É difícil fazer uma escolha nessas horas. Não sabíamos se entrávamos, alguns pilotos arriscaram, era tudo uma incógnita. A pista estava secando depressa, mas aqueles que estavam com os pneus lisos teriam que passar muitos carros. A verdade é que o resultado final foi ditado pelo último Safety Car”, lembrou. A paralisação ocorreu nos minutos finais, dando apenas uma volta para que os pilotos com pneus slick tentassem a recuperação.

Campeão de 2008, Maurício minimizou a liderança atual. "Uma prova muda muita coisa. Hoje não aconteceu para o Serrinha, que estava na ponta do campeonato, amanhã pode ser comigo. O negócio é fazer o trabalho e não pensar muito nisso."

Maurício tem 80 pontos, contra 74 de Daniel Serra, que perdeu a liderança após uma classificação ruim e o 12º lugar na prova. "Espero que este tenha sido o nosso momento de baixa na temporada. Vamos trabalhar para voltar a ter o desempenho que tivemos nas três primeiras corridas do ano, para, quem sabe, voltar à liderança na próxima corrida (em Brasília)", afirmou o piloto da Red Bull.

Seu companheiro, Cacá Bueno, fez grande prova de recuperação e pulou de 20º na largada para quarto na corrida, mas não ficou satisfeito com o resultado, que o relegou à terceira posição no campeonato, a um ponto de Serra. “Claro que chegar em quarto lugar depois de largar em 20º é muito bom, mas acho que a gente poderia ter conseguido ainda mais. Por outro lado, se não chove, teria sido bem mais difícil, mas podia ser melhor.”

Próxima Stock Car Brasil matéria
Átila sai da pole e Barrichello surpreende em Salvador

Previous article

Átila sai da pole e Barrichello surpreende em Salvador

Next article

"Em pista de rua o piloto pode fazer mais", diz Rubinho

"Em pista de rua o piloto pode fazer mais", diz Rubinho
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Stock Car Brasil
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias