Rubinho lamenta vitória perdida no fim: “faltou muito pouco”

Em estratégia ousada, Barrichello é traído na última reta por falta de combustível e perde vitória na corrida 2 em Curvelo

Depois de ser o terceiro na corrida 1 deste domingo (20) em Curvelo (MG), Rubens Barrichello partiu para uma estratégia bastante ousada na corrida 2. O campeão de 2014 se aproveitou de ter iniciado uma economia de combustível na primeira prova para chegar à segunda com mais gasolina que seus rivais.

No fim, Rubens liderava a prova e economizava a cada curva com a chegada ameaçadora de Ricardo Maurício. No entanto, mesmo sendo reconhecidamente um grande salvador de combustível, não foi desta vez. Barrichello acabou ficando parado a poucos metros do fim da corrida e não cruzou a linha.

O paulista chegará a Interlagos 37 pontos atrás de Fraga na luta pelo campeonato.

“Eu economizei bastante”, lamentou Rubinho.

“Você viu, ninguém conseguiu. Eu quase consegui. Hoje em dia estão falando que a estratégia chama ‘estratégia Rubens’, então é legal ser visto assim (como um bom economizador de combustível).”

“É uma pena, não deu. Mas eu já sou grandinho para aceitar.”

“A gente tentou o nosso melhor, faltou muito pouco.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Stock Car Brasil
Evento Curvelo
Pista Circuito dos Cristais - Curvelo
Pilotos Rubens Barrichello
Tipo de artigo Últimas notícias