Serra aumenta a diferença e celebra “calma” no Velo Città

compartilhar
comentários
Serra aumenta a diferença e celebra “calma” no Velo Città
Por: Gabriel Lima
23 de set de 2018 19:35

Piloto chega em segundo nas duas corridas em Mogi Guaçu, e sai cinco pontos a mais na frente de Fraga no campeonato

A luta pelo bicampeonato de Daniel Serra em 2018 foi encorajada neste domingo no Velo Città. O piloto da Eurofarma RC chegou em segundo nas duas provas, e sai da nona etapa do campeonato aumentando sua liderança no campeonato de 12 para 17 pontos em cima de Felipe Fraga, da Cimed, que ganhou a primeira prova, mas foi apenas o sexto na segunda.

Após as corridas, Serra comemorou o fim da má sequência de resultados que obteve nas três últimas provas, quando não pontuou.

“Acho que temos vários pontos importantes”, iniciou Serrinha ao Motorsport.com.

“O maior foi que a gente veio aqui depois de três corridas em que não marcamos nenhum ponto, e tínhamos o potencial de marcar muitos pontos. Mas mantivemos a calma. Não mudamos nada em nosso modo de trabalho, e ter um resultado como este mostra que fomos bem nisso.”

“Nos mantivemos calmos e tivemos o potencial. Não tivemos o carro mais rápido aqui. Na corrida 1, não era. Na 2, acho que tinha o carro mais veloz. Estou feliz. Hoje eu aumentei a diferença, amanhã podemos ver diminuir um pouco. É o mesmo do ano passado. É muito essa questão: marcar pontos na duas. É importante saber que estamos competitivos e vamos brigar pelos pontos.”

“Nós mudamos bastante o carro de ontem para hoje. Fizemos um bom trabalho hoje de manhã no warm-up e temos que pensar que era uma corrida só. Então, na primeira metade não fomos tão bem, e na segunda fomos melhor. Acho que podemos dizer que o nosso carro teve o melhor desgaste, por isso fomos bem rápidos na segunda corrida.”

“Na primeira prova eu demorei para poupar. Eu falei: vai que o Fraga dá uma erradinha’. Eu poderia chegar. Eu não poupei tanto pneu na corrida 1, apesar de poder. Só que mesmo assim na corrida 2 nós tínhamos um ritmo muito bom. A equipe fez um trabalho muito bom no pit stop, e colocou a quantidade certa de combustível.”

“E no fim foi legal. Disputamos com o Zonta e o Rubinho, dois caras que têm muita experiência. O Zonta é sempre limpo, mas duro. E o Rubinho sempre foi inteligente. De fora eu não sei como foi, mas de dentro foi bem interessante.”

Próxima Stock Car Brasil matéria
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Stock Car Brasil
Evento Velo Citta
Autor Gabriel Lima
Tipo de matéria Últimas notícias