Serra celebra título "tenso": "achei que o pneu furou umas 6 vezes"

compartilhar
comentários
Serra celebra título
Por:
9 de dez de 2018 15:22

Piloto da Eurofarma RC conquista bicampeonato da Stock Car em Interlagos e vê constância durante o ano como chave

Depois de ver Felipe Fraga ficando com 18º tempo no grid, Daniel Serra sabia que tinha a melhor das chances para se sagrar bicampeão da Stock Car neste domingo em Interlagos. E, com muita cautela, ele aproveitou a oportunidade.

Apenas administrando a diferença que tinha para Felipe Fraga – que se recuperava a todo instante e chegou justamente atrás de Serra na pista, em quinto lugar – o piloto pôde celebrar no fim da prova seu segundo título seguido e o 100% de aproveitamento na equipe Eurofarma RC, com o quarto lugar na pista beneficiado por abandonos de Antonio Pizzonia e Ricardo Maurício na última volta por pane seca.

“Ganhar um campeonato não dá tranquilidade para o segundo”, definiu Serra aliviado depois da corrida. “Essa corrida foi muito tensa.”

“Tem muita coisa que a gente não controla, por isso foi uma corrida tensa. Eu sofri um pouco com o desgaste de pneus. Mas de dentro do carro a gente nunca sabe. Eu achei que o pneu tinha furado umas seis vezes. Eu pensava: ‘acho que furou’. E não tinha furado. Você vai sentindo coisas, é a cabeça, é o nervosismo. Coisas que você não tem como controlar.”

“Mas estávamos de olho na posição do Felipe. Mas agora estou muito feliz. Este é o momento em que tudo vale a pena. Toda a dedicação do ano. Me dedico para isso 24 horas por dia. Faço todo o possível para chegar o mais preparado possível para o fim de semana. Só minha mulher sabe o quanto eu me dedico me preparo e ponho tempo para evoluir como piloto.”

Analisando a temporada, o 29 acredita que a melhor constância em corridas 2 lhe deu este título – algo que não conseguiu fazer durante o ano passado, quando conquistou seu primeiro título.

“A chave foi a consistência”, seguiu.

“Não era o mais rápido em todas as corridas, mas sempre estávamos entre os mais rápidos. Não fomos o carro que mais ganhou, mas fomos o que mais subiu no pódio. Fomos 11 vezes ao pódio, fomos para dez Q3.”

“Isso mostra como fomos consistentes, diferentemente do ano passado, onde éramos muitos rápidos e sempre devíamos na corrida 2. Neste ano, fui duas vezes para o pódio no mesmo fim de semana. Isso foi o que aprendemos do ano passado, as lições.”

“Aos poucos vai caindo a ficha. Assim como no ano passado, foi muito bom, porque estão todos os amigos aqui e toda a minha equipe. Só aparece a gente no pódio mas todo mundo faz parte. A equipe inteira, os meus amigos. Então isso é muito especial.”

Next article
Conformado com vice, Fraga admite que “precisava de um milagre”

Previous article

Conformado com vice, Fraga admite que “precisava de um milagre”

Next article

Zonta se anima com vitória: “no ano que vem, quero disputar o título”

Zonta se anima com vitória: “no ano que vem, quero disputar o título”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Stock Car Brasil
Evento Interlagos II
Autor Gabriel Lima