Serra minimiza pressão da final: “só precisamos da gente”

compartilhar
comentários
Serra minimiza pressão da final: “só precisamos da gente”
Por: Gabriel Lima
7 de dez de 2018 12:27

Piloto da Eurofarma RC diz que não falou com Fraga após toque em Goiânia, mas evita polêmica: “nos respeitamos”

Atual campeão da Stock Car, Daniel Serra chega a mais uma decisão de título da categoria neste final de semana. Depois de finalmente se sagrar campeão no último ano, ele mais uma vez liderou a temporada de 2018 por completo e chega à final em Interlagos com uma vantagem de 25 pontos frente a Felipe Fraga.

Precisando apenas de um quarto lugar para ganhar o título não importando a posição de Fraga, Daniel se diz confiante pelo fato de sua equipe, a Eurofarma RC, ter tido “uma receita boa” para todas as pistas da temporada neste ano.

“Acho que o lado positivo para pensar não é a vantagem que temos, é mais saber que nós só precisamos da gente”, falou ao Motorsport.com em Interlagos.

“Temos que vir fazer o nosso trabalho – assim como já fizemos o ano todo. Não é para ficar fazendo muita conta. Temos que pensar em estar rápidos e ter as boas performances que tivemos durante tudo o que passou da temporada. Esse é o lado positivo de ter vantagem, não pensar se perguntando ‘o quanto eu posso chegar atrás?’. Temos que nos concentrar em sermos os melhores possíveis.”

“Não vejo muita diferença (em relação à decisão do ano passado). Temos apenas a experiência de ter já passado por isso.”

“Mas a vontade, a preparação foi toda feita do mesmo jeito e com essa adição da experiência do último ano. Isso sempre ajuda. Mas só dá para saber como estamos e o que vai acontecer quando formos para a pista, mas nos preparamos da melhor maneira possível, então estamos bem confiantes.”

“Nossa equipe tem uma receita muito boa para todas as pistas. Esse foi o nosso ponto forte durante o ano. Sempre fomos bem consistentes, então acho que é isso. Todos têm uma base boa aqui em Interlagos, todo mundo já andou muito aqui, todos os pilotos conhecem bem. É no detalhe, é conseguir se adaptar, é encontrar a mudança de temperatura e acompanhar isso entre as sessões e acho que é isso.”

O piloto evitou polemizar falando dos toques na disputa que teve com Felipe Fraga na última prova do campeonato, em Goiânia. No mais forte deles, ambos se bateram no meio da reta dos boxes, e Felipe chegou a dizer depois da corrida que colocaria Serra “longe” se ambos se tocassem de novo.

“Não falamos sobre isso, não”, disse Serra.

“Eu nem o encontrei depois, só fizemos uma entrevista. Mas eu sei bem o que aconteceu. Ele talvez tenha visto depois da corrida e repensado. Mas foi um toquezinho normal na reta. Aconteceu.”

“Normal. A gente se respeita, e vamos para pista para dar o melhor show para o pessoal que vai assistir. Acho que todos queremos uma disputa limpa. Até para nós mesmos é muito melhor quando você disputa com um cara limpo. Quem está assistindo também quer isso.”

Next article
Confira matemática do título para Serra e Fraga em Interlagos

Previous article

Confira matemática do título para Serra e Fraga em Interlagos

Next article

Átila lidera 1º treino da final; Serra e Fraga ficam fora do top-10

Átila lidera 1º treino da final; Serra e Fraga ficam fora do top-10
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Stock Car Brasil
Evento Interlagos II
Autor Gabriel Lima