Sobrenomes Senna e Prost dividem equipe na primeira corrida da Stock Car

compartilhar
comentários
Sobrenomes Senna e Prost dividem equipe na primeira corrida da Stock Car
Por: Gabriel Lima
6 de mar de 2015 20:22

Bruno - sobrinho de Ayrton - e Nicolas - filho de Alain - correrão na mesma equipe na abertura da temporada em Goiânia

Uma dupla histórica do automobilismo internacional será reeditada na primeira etapa da temporada 2015 da Stock Car. O brasileiro Bruno Senna e o francês Nicolas Prost dividirão os carros da equipe Prati-Mico’s Racing na corrida de duplas, que abre a temporada da maior categoria do automobilismo brasileiro. O time tem como pilotos oficiais Julio Campos e Antonio Pizzonia, conforme apurou a reportagem do TotalRace.

 A experiência vai ser totalmente nova para o filho de Alain Prost, mas para o sobrinho de Ayrton Senna será a terceira corrida no campeonato. Bruno participou da última prova da temporada 2013 e da corrida inaugural do ano passado, ambas em Interlagos. Em 2014, Senna participou da prova de duplas ao lado de Antonio Pizzonia defendendo a mesma escuderia.

Bruno e Nicolas têm dividido com regularidade as pistas nos últimos anos. Os sucessores das famílias Prost e Senna correram pela primeira vez no mesmo grid em 2009, em três corridas da temporada da Le Mans Series e nas tradicionais 24 Horas de Le Mans. Há dois anos eles passaram a conviver mais profissionalmente, fazendo parte da temporada de 2013 do Mundial de Endurance e também das duas últimas edições das 24 Horas de Le Mans.

 Atualmente Bruno e Nicolas dividem o grid também na temporada inaugural da Fórmula E, nas equipes Mahindra e e.dams respectivamente. Tio de Bruno e pai de Nicolas, Ayrton Senna e Alain Prost dividiram a equipe McLaren na Fórmula 1 nas temporadas de 1988 e 1989, no que culminou naquela que é considerada a maior rivalidade da história do esporte a motor.

 Com Senna conquistando o título de 88 e Prost faturando de maneira controversa o de 89 – ano que marcou o início da inimizade dos dois –, o francês deixou a equipe de Woking e foi para a Ferrari no ano seguinte. Eles ainda voltaram a disputar o título em 1990, desta vez decidido em favor de Senna, após um acidente proposital causado pelo brasileiro na primeira curva do GP do Japão, um troco após a batida do ano anterior. Depois de um grande período de rivalidade, Ayrton e Alain fizeram as pazes após o francês se aposentar, no fim de 1993.

"Os dois eram rivais, mas depois que meu pai parou eles se falavam regularmente ao telefone. Não haveria Senna sem Prost e Prost sem Senna", disse o francês em entrevista à TV Globo.

Nicolas Prost e Bruno Senna são mais dois convidados de peso confirmados na corrida de duplas da Stock Car, que também contará com o canadense Jacques Villeneuve, Lucas di Grassi, Nelsinho Piquet, Luiz Razia e as voltas de Ingo Hoffmann e Chico Serra às pistas. A prova ocorre em 22 de março.
Próxima Stock Car Brasil matéria
Fim de jejujm e 'sambadinha' para público; Rubinho comemora título

Previous article

Fim de jejujm e 'sambadinha' para público; Rubinho comemora título

Next article

Antônio Félix da Costa divide carro com Khodair na primeira etapa da Stock Car

Antônio Félix da Costa divide carro com Khodair na primeira etapa da Stock Car
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Stock Car Brasil
Autor Gabriel Lima
Tipo de matéria Últimas notícias